Livro sobre a culinária seridoense

Publicação: 2018-07-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um das mais ricas gastronomias do Rio Grande do Norte é a originária do Seridó. De acordo com a professora Julie Cavignac, os preparos e sabores tem o toque de mãos negras. “Quem detém o saber da culinária seridoense são as mulheres negras. Eram elas que, no período da escravidão, cozinhavam para as famílias  brancas. Essas mulheres desenvolveram práticas culinárias, chegaram a conseguir certa autonomia nos seus preparos”, explica.

Livro será lançado no final do mês, durante Festa de Santana, em Caicó
Livro será lançado no final do mês, durante Festa de Santana, em Caicó

Ela cita como exemplo os filhós, doce de origem portuguesa que ganhou adaptações no RN, como adição da batata doce na massa e o mel de engenho para melar. “Não é possível apontar qual a raiz dessas adaptações, mas o preparo era das mulheres negras”, afirma.

A área da culinária pesquisada pelo grupo “Tronco, ramos e raízes” gerou importante material que será publicado em livro. Intitulado “Comida da Terra: notas sobre o sistema alimentar do Seridó”, a obra organizada pela Julie Cavignac, Muirakytan Macêdo, Danycelle Silva e Maria Isabel Dantas, e impressa pela editora Sebo Vermelho, será lançada no final do mês em Caicó, durante a tradicional Festa de Santana.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários