Luísa e Os Alquimistas é grande vencedora do Prêmio Hangar

Publicação: 2019-11-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em cerimônia realizada na noite de terça-feira (6) no Teatro Riachuelo, o Prêmio Hangar de Música elegeu os artistas e trabalhos que mais se destacaram ao longo de 2019, entre categorias competitivas e destaques especiais.

O júri formado por 45 integrantes elegeu a banda Luísa e Os Alquimistas como consagrada desta edição de 20 anos, vencendo nas categorias Banda do Ano, Álbum (CD) do Ano (“Jaguatirica Print”) e Melhor Videoclipe do Ano (“Olhos de Tocha”). A música do ano foi “Oasis” (Potyguara/Walter Nazário/Dante Augusto), canção conhecida no trabalho recente da intérprete e compositora Potyguara Bardo. O baixista Júnior Groovador levou o clave de sol na categoria Instrumentista do ano, por sua performance fora de série.

Autor de trilogia sobre música regional, Caio Padilha venceu o Hangar na categoria Compositor do Ano. Já o multifacetado Jubileu Filho ganhou na categoria Produtor Musical do Ano. O “Choro no Caçuá”, incentivado pela Prefeitura do Natal (roda de chorinho realizado aos sábados na Praça Padre João Maria), que reúne grandes mestres do gênero, venceu na categoria Projeto Musical. Confira outros vencedores:

 Os indicados do Prêmio Hangar 2019 foram definidos após analise de 1.244 participantes que responderam a pesquisa nas redes sociais com sugestões de nomes, 4.528 citações, a serem indicados como os destaques do ano em cada uma das 14 categorias competitivas e também para as premiações especiais que incluem prêmios para artistas de outros estados e de repercussão Nacional. Para as etapas de pesquisa junto ao público e votação final de uma comissão especialmente convidada entre músicos, jornalistas, produtores culturais, artistas e profissionais autônomos foram utilizadas recursos disponíveis no  docs.google.

Confira os vencedores

Compositor do ano:
Caio Padilha

Produtor Musical:

Jubileu Filho

Instrumentista:
Júnior Groovador

Linguagens Urbanas:
Pretta Soul

Intérprete do ano:
Laryssa Costa

Banda do Ano:
Luísa e os Alquimistas

Música do Ano:

Oásis (Potyguara Bardo/ Walter Nazário/ Dante Augusto)

CD do ano:
Jaguatirica Print (Luísa e os Alquimistas)

Revelação musical:

Samara Alves

Show:
Cinema Paradiso

(Hilkélia)

Destaque popular:

Banda Saia Rodada

Tributo:
Entre o Sonho e o Som de Belchior (Analuh Soares, Laryssa Costa e Rafael Barros)

Projeto musical:
Choro Do Caçuá

Videoclipe do ano:
Olhos de Tocha (Luísa e os Alquimistas)







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários