Cookie Consent
Política
Lula tem 47%; Bolsonaro, 28%; Ciro, 8%; e Tebet, 1%
Publicado: 00:01:00 - 24/06/2022 Atualizado: 23:03:00 - 23/06/2022
A 100 dias do primeiro turno das eleições, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 19 pontos de vantagem à frente do presidente Jair Bolsonaro (PL), marcando 47% das intenções de voto no primeiro turno, no cenário estimulado. O chefe do Executivo tem 28%. Os resultados são da pesquisa Datafolha divulgada ontem.

Em terceiro lugar, aparece Ciro Gomes (PDT), com 8%, seguido por André Janones (Avante), que tem 2%. O cenário registrado é semelhante ao da pesquisa passada, realizada nos dias 25 e 26 de maio.

A terceira via, que se uniu em torno da senadora Simone Tebet (MDB) após a desistência de Sergio Moro (União Brasil) e João Doria (PSDB), não alavancou. Mesmo com apoio dos tucanos e com a exibição da propaganda partidária na televisão, Simone Tebet aparece com 1%, um ponto a menos do que na última pesquisa.

Vera Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal (Pros) empatam numericamente com Simone Tebet. Não pontuaram Sofia Manzano (PCB), Felipe D’Ávila (Novo), General Santos Cruz (Podemos), Luciano Bivar (UB), Eymael (DC) e Leonardo Péricles (UP).

Espontânea
O levantamento espontâneo, quando os entrevistados falam em quem vão votar sem serem estimulados por uma lista, reforça a polarização. Lula aparece com 37% na pesquisa espontânea, ante 38% na anterior. Bolsonaro cresceu três pontos, acima da margem de erro de dois pontos percentuais, e saiu de 22% para 25%. Ciro tem 3%.

A pesquisa mostra, ainda, que os indecisos na espontânea somam 27%, ante 29% no levantamento passado.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) segue na liderança da maior rejeição entre eleitores. De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada ontem, 23. 55% dos entrevistados não votariam nele de jeito nenhum.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o segundo pré-candidato mais rejeitado, com 35%, seguido por Ciro Gomes (PDT), que aparece com 24%.

General Santos Cruz (Podemos) possui índice de rejeição de 18%. Vera Lúcia (PSTU), Eymael (Democracia Cristã) e Luciano Bivar (União Brasil) marcam 16%. Esses são seguidos por Pablo Marçal (Pros), Felipe dÁvila (Novo) e Sofia Manzano (PCB), todos com 15%. Simone Tebet (MDB), André Janones (Avante) e Leonardo Péricles (UP) são os menos rejeitados, com 14%.

O instituto Datafolha entrevistou 2.556 eleitores nos dias 22 e 23 de junho em 181 municípios. 

O levantamento, que tem margem de erro de 2 pontos porcentuais, está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no protocolo sob o número BR-09088/202.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte