Mídias sociais

Publicação: 2019-10-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Vicente Estevam (interino)
jrvicente@tribunadonorte.com.br

Na velocidade que as coisas evoluem, aquele que fica parado é atropelado pela concorrência, pelo tempo, enfim por tudo. A estagnação cobra um preço caro. Na atualidade, a vida é tão veloz que até mesmo os que estão atentos ao mercado correm o risco de “cair do cavalo” que trocou, há muito, as quatro patas por um motor elétrico de última geração. Ele já não galopa, voa. Digo isso porque os clubes potiguares, que já aparecem em boas colocações no ranking criado pelo IBOPE sobre a relação dos clubes com as mídias sociais, podem e devem aproveitar ainda mais esse “status online”.

Mídias sociais 1
Os números, divulgados ontem, pelo IBOPE Repucom posicionam o ABC como 31º clube do País com maior engajamento do torcedor nas mídias, seguido justamente pelo América, 32º. É uma posição considerável, principalmente de traçarmos um paralelo com o momento de Série D, vivido pelo nosso futebol. Somados Facebook, Twitter, Instagram e Youtube, o Alvinegro tem 443.603 fãs que o acompanha pelas redes. O América 440.197.

Mídias sociais 2
Não precisa ser nenhum gênio para observar o tamanho do mercado que esses dois gigantes do nosso futebol tem para ser explorado. São quase 1 milhão de pessoas que demonstram interesse em saber sobre ABC e América através das redes. É um público-alvo cativo e que precisa ser melhor explorado. Nem precisa comparar esses números com os de sócios-torcedores. Seria humilhante. A primeira parte foi feita. As redes funcionam, atraem os torcedores, agora precisa que um segundo passo seja dado, na transformação desse potencial em consumidores de produtos, etc.

Mídias sociais 3
Os clubes precisam transformar esse torcedor em parte do processo. Atraí-lo para que se sintam à vontade, literalmente em casa. Juntos, com transparência todos ganham. O clube com receita e o torcedor sentindo saciado o desejo por informações, participação e consumo de produtos. Além disso, através da análise desse público, do seu comportamento, de seus movimentos, ABC e América podem entregar produtos na medida do interesse desse mercado. Assim funcionam, em parte, os famosos “algorítimos” que tanto se fala hoje em dia.

Mídias sociais 4
José Colagrossi, diretor executivo do IBOPE Repucom comenta que "não há fronteiras no mundo digital e não há limite para o fortalecimento da cultura digital de todo o mercado, e isso se aplica a todos os clubes ou entidades esportivas, independentemente de seu tamanho ou popularidade. Ainda há muita oportunidade de mesmo os clubes com maiores torcidas e bases digitais desenvolverem e expandirem seu alcance. Obviamente, a fase do clube influencia fortemente no nível de interesse e demanda por consumo de conteúdo por parte dos torcedores, mas gerar conteúdo de qualidade e relevante para os torcedores está total e exclusivamente sob o controle da gestão de comunicação dos clubes".

Mídias sociais 5
O estudo do Ibope apresenta ainda outros dados relevantes e alguns curiosos que o leitor merece conhecer e que pode ser levado em consideração, ou servir como exemplo para o trabalho do Alvinegro e do Alvirrubro. O primeiro exemplo é do IBIS de Pernambuco. O clube que ficou famoso no século XX por ser o time que só perdia, se reinventou nas mídias sociais. Atualmente, mesmo sem nenhum time que lhe garanta qualquer título, ocupa a posição exatamente à frente do ABC. Com uma gestão inteligente, alavanca a venda de produtos relacionados ao “pior time do mundo”.

Mídias sociais 6
Confira outros dados:

1 - O Flamengo já acumula, até setembro, o dobro de seguidores de todo o ano de 2018;

2 – O Instagram impulsiona redes do Corinthians, vice-líder em ganho de seguidores;

3 - Finalistas da Copa do Brasil, Athletico Paranaense e Internacional estreiam entre os 5 maiores crescimentos mensais em 2019;

4 – Palmeiras completa o TOP5 clubes com maiores crescimentos em setembro;

5 - Internacional e Santos ultrapassam a barreira de 1 milhão no Instagram;

6 – O Instagram é responsável por 66% do volume de novas curtidas no último mês.

Treinador
Waguinho Dias assume oficialmente, amanhã, o comando do América. Entrevistei o treinador para a edição de domingo. O profissional passou bastante segurança sobre os objetivos e como pretende realizar o trabalho aqui em Natal. Segundo o técnico, seria interessante que o elenco já começasse a treinar em meados de novembro, iniciando a temporada com uma equipe já entrosada. Dessa forma poderia ir mais longe em torneios como a Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Importantes para os cofres do Alvirrubro.

Craque
As informações que chegam são de que o atacante Wallyson pretende mesmo ficar no ABC. O jogador teria recebido propostas até mesmo de um clube da Turquia, mas está dando preferência pela permanência em Natal e consequentemente no Alvinegro. É um grande negócio para o time potiguar. Para o “Mago”, já não sei bem.







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários