Mais de 80% de medalhistas recebem o Bolsa Atleta

Publicação: 2019-08-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Time Brasil terminou o Pan de Lima na segunda posição no quadro de medalhas, atrás apenas dos Estados Unidos, e obteve a sua melhor campanha da história, com 171 pódios. Foram 55 ouros, 45 pratas e 71 bronzes. Desse total, 141 medalhas (82,4%) tiveram a participação de atletas apoiados pelo programa Bolsa Atleta.

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, 117 pódios foram conquistados diretamente por bolsistas e 24 em modalidades coletivas com a presença de bolsistas. Os contemplados pelo programa conquistaram medalhas em 34 modalidades diferentes do total de 41 em que o País chegou entre os três primeiros lugares. "Estamos apostando muito nos atletas de alto rendimento e queremos oferecer mais benefícios. Em breve, iremos anunciar para que desperte na sociedade o valor que o esporte tem na formação dos cidadãos", disse o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

O Brasil conta atualmente com 16,7% menos atletas contemplados pelo Bolsa Atleta do que no mesmo período de quatro anos atrás, quando aconteceu o Pan de Toronto, no Canadá. Em 2019, 6.200 brasileiros recebem o auxílio. Em 2015, 7.437 atletas foram ajudados pelo programa do Governo Federal. Em Toronto, o Brasil terminou em terceiro lugar. Foram 141 pódios no total, com 42 ouros, 39 pratas e 60 bronzes - atrás de EUA e Canadá. De acordo com informações do governo da época, mais de 70% dessas conquistas contaram com a participação de atletas que recebiam o benefício.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários