Mais recheio e sabor no brownie

Publicação: 2017-10-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O bolinho quadrado de chocolate pode ser mais versátil do que se pensa. Foi nisso que apostou a The Brownie Factory, empresa pernambucana que há três anos se tornou referência no segmento, e desde a semana passada trouxe seu doce menu para a capital potiguar, em loja instalada no Natal Shopping. A browneria oferece uma sobremesa que se diferencia pela produção artesanal e a variedade de coberturas e recheios bem elaborados.

Brownies saem do trivial e vem com pedaços de chocolate, red velvet, nozes e ninho
Brownies saem do trivial e vem com pedaços de chocolate, red velvet, nozes e ninho

Há nada menos que 25 sabores diferentes de brownie. Todos são feitos de massa trufada, mas variando os sabores de coberturas e recheios. O bolinho é macio e derrete na boca. “As novas fornadas acompanham a saída de cada bolinho, portanto, sempre tem um produto fresco para consumir”, ressalta o proprietário Felipe Tenório. A browneria foi instalada em forma de quiosque, com espaço cercado tendo 11 mesas e assentos com decoração clássica de doceria.

O franqueado Felipe Tenório destaca o frescor dos produtos: “As fornadas acompanham a saída dos bolinhos”
O franqueado Felipe Tenório destaca o frescor dos produtos: “As fornadas acompanham a saída dos bolinhos”

Na vitrine da fábrica de brownies, a variedade é grande: há desde o tradicional, com pedaços de chocolate ao leite, a variações como chocolate amargo, red velvet (coberto com chocolate branco e calda de cereja), doce de leite com e sem nozes, creme de avelã, leite em pó, duo (chocolates preto e branco), churros, confeitos de chocolate, paçoquita, bem casado, Ovomaltine, os “blondies” de banana (chocolate branco e geleia de banana) e Daka (chocolate branco e cenoura com cobertura de brigadeiro belga), frutas vermelhas, limão, e chocolate Ferrero Rocher.

Entre os lançamentos estão os brownies de farinha láctea, brigadeiro branco, e pistache. Há também as guloseimas derivadas: o gelado de brownie traz o bolinho batido com sorvete e servido numa garrafa (de 400 e 800ml), nos sabores brigadeiro, creme de avelã, leite em pó, doce de leite, Ovomaltine, e farinha láctea. É uma opção refrescante, e “uma das mais pedidas da casa”, garante Felipe. Outra dica é o milk-shake, batido com leite e chantilly, versões creme de avelã e leite em pó.

Nem só brownies saem da fábrica: há ainda os cookies, de doce de leite, creme de avelã, brigadeiro, e ovomaltine. Para a turma fit, tem o brownie integral, feito de farinha 100% integral e açúcar mascavo. O segmento de salgados sai com a mesma qualidade dos doces. Tem quiches de queijo com cebola, lorraine, brie com damasco, alho poró, bacalhau, salmão, e camarão com catupiry. Folhados de camarão com catupiry e frango com passas. Os croissants são de queijos brie com parma, queijo e presunto. Salame com cream cheese, e muçarela de búfala com tomate seco.

O brownie nasceu nos Estados Unidos, no final do século 19. Mas só a partir de 1906 ganhou a composição como é conhecido hoje. O nome, que também aparece no Sears, Roebuck Catalogue, refere-se aos rownies, um tipo de duende do folclore anglo-saxão. O nome teria sido tornado famoso depois da edição de “The Brownies, Their Book” por Palmer Cox, em 1887.

Serviço
The Brownie Factory. No primeiro piso do Natal Shopping. Aberto diariamente.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários