Mané e Gerson

Publicação: 2019-09-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Rubens Lemos Filho
rubinholemos@gmail.com

Sumiram com o cadáver de Mané Garrincha, exumado do Cemitério de Pau Grande(RJ) e, na hora da recontagem dos sacos, faltaram  os restos mortais do Pai do Drible. Deu em nada. Garrincha não teve o direito cristão do descanso após a morte. Desapareceu. Em arcada dentária. Destino torto, sem trocadilho com as pernas.

Mané, irreverente, tarado, doido por um rabo de saia, fabricante de criança não importasse a cor, o idioma ou a formosura da parceira, foi o Cantinflas do futebol e, na ordem justa, o segundo melhor de todos os tempos, atrás apenas de Pelé.

Deram a Garrincha o nome de um dos estádios da Copa do Mundo de 2014 – o nome, pois o superfaturamento caiu no bolso de quem domina outro tipo de bola. Mané vez por outra abre asas e voa direto do Rio de Janeiro para Brasília. Ou do nada à capital federal, dado que, oficialmente, seus despojos sumidos tornaram-no inexistente.

Em alguma pilastra, escondidinho dos seguranças, babacas assessores e espichando o olhar às pernas torneadas das namoradas marombadas dos bacanas, Mané gostou de um mulato alto do Flamengo.

Nome de craque ele tem: Gerson. Cadência de craque lhe sobra: Gerson. Toque certeiro dos bons armadores é uma maravilha perdida nalgum clássico dos anos 1950/60/70. Lucidez de verniz, velocidade secundária.

Ao sair do gramado contra o Avaí, comandante supremo da vitória, Gerson, cercado de repórteres com perguntas de sempre, teve tempo de ouvir o passarinho , de asa torta, cantando Brasileirinho,  som do novo estilista nacional e trilha de Garrincha vivo, sem protocolos tumulares.
Dia 22
Novo adiamento da inauguração da Arena América ou Arena José Rocha. Pelada de veteranos. Time de Souza contra o de Moura. Jogo da Saudade, única perfeição da festa. Saudade é o combustível do futebol potiguar.

Sem camarotes Ainda na expectativa dos camarotes, tidos como filão da Arena José Rocha, estádio do América, ou Arena América, no desejo dos opositores da família Rocha.

Boquinha
Depois de contratar o consultor Marcelo Santana, o ABC apara arestas. Segura o cash dos próximos. Incrível como o noticiário secundariza o principal e exalta o besteirol.

Beto x Clécio
O ex-Executivo, professor Beto Cabral, ficará assessorando o presidente. Mas soltou farpas em cima de Clécio Santos, a eminência parda, protegido do ministro(pode não ser na teoria), mas é fortíssimo, Rogério Marinho.

Dois e nenhum
Tem chance de dar certo? Desde o Vietnam do Norte contra o Vietnam do Sul, está errado. O Estados Unidos se meteram e passaram vergonha . Há dois ABCs e nenhum funcionando.

Grana
A parte mais sensível de alguns corpos e almas, é a razão do racha, colocado com sinceridade por Beto Cabral. Há contas sem?fechar. Prestação de contas pede numerário em aberto de mais de 1 milhão e 800 mil. E o ABC, como toda holding internacional, faz uso de cartão corporativo. Absurdo. Dizem que abusaram. Se está tudo bem, é só exibir os extratos e em que foi gasto.

Apurar
E o Conselho, vai apurar? Ou vem aquela lenga-lenga de que a hora é de união e não de “tumulto”. Jogar pra debaixo do tapete. Ou do capacho, figura de linguagem em carne e osso que não falta pros lados da Rota do Sol.

Roberto Fernandes
Ficando, que se mantenha tudo como está. O ABC não tem mais onde cair. Renovem com Wallyson. A ala-moça midiática iria adorar. Padang vencendo no América, aposto um doce de goiaba que Fernandes volta para lá.

Lição nos incompetentes
Sampaio Correa e Confiança eliminaram adversários gaúchos e estão na Série B 2020. Lição de marmelo no futebol potiguar raquítico. A Série B ganha dois bons representantes e vira farinha o discurso das dificuldades. Sampaio e Confiança conhecem melhor, contrataram melhor e estão classificados. ABC e América, Clássico-Rei. Da vergonha.

Vanildo
Em que posição joga Zé Vanildo? Ele não chuta, não faz gol, não dribla nem cabeceia. Certo sentido. Quando os times são horrorosos, é fácil culpar a Federação que, segundo terceirizadores de tarefa, não teria evitado a queda.

Pança do Zé
Federação pode ser criativa buscando novos nomes no Super Matutão Vip. Zé Vanildo não me ligou nem reclamou, tampouco pediu espaço. Não sou assessor dele. Apenas achei injusto jogar toda a conta naquela pança imensa.

Diferença 
É chato para cacete ter de reconhecer a diferença abissal do Flamengo sobre o Vasco. No primeiro jogo foi 4x1. No 2o turno, Mengo mete 8x2 sem sair de casa, jogando pelo celular.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários