Manifestantes fecham ponte e cobram investigação do caso Yasmin

Publicação: 2018-04-16 16:37:00 | Comentários: 0
A+ A-
Familiares e vizinhos da menina Yasmin Lorena, desaparecida há 20 dias, bloquearam todas as vias da ponte Newton Navarro em um ato na pedindo celeridade nas investigações. Segundo Ingrid Araújo, mãe da menina, há mais de uma semana a polícia não dá informações sobre o caso.
Manifestantes já bloquearam a ponte outras duas vezes pedindo investigações
Manifestantes já bloquearam a ponte outras duas vezes pedindo investigações

Esse é o terceiro ato para pedir que o desaparecimento da criança de 12 anos seja solucionado. Nos dois primeiros, os manifestantes também bloquearam os dois sentidos da ponte Newton Navarro usando pneus queimados. Desta vez, estão sendo usadas pedras e pedaços de madeira, além de faixas, para interditar as vias. Apenas ambulâncias e carros de polícia estão sendo autorizadas a seguir.

Yasmin Lorena desapareceu no dia 28 de março quando saiu para deixar um dinheiro com uma vizinha, a poucos metros do imóvel em que morava. Segundo a mãe, ela nem chegou ao destino e não foi mais vista.

Na semana passada, a Delegacia Especializada no Atendimento à Crianças e Adolescentes (DCA) informou que as investigações ainda estão em andamento. De acordo com a delegada Dulcinéa Costa, a divulgação de informações podem atrapalhar o caso.

Atualizada às 16h49

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários