Mapeamento propõe rota turística com foco na história de Natal e Parnamirim dos anos 40

Publicação: 2019-10-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Sebrae-RN lança nesta quarta-feira (9) o projeto “Natal & Parnamirim Field na Segunda Guerra”. A iniciativa visa diversificar a oferta turística no Estado para além do binômio sol e mar, apostando na rica história da presença americana em solo potiguar para se criar um nova rota cultural para os visitantes que aqui chegam. O lançamento do projeto será a partir das 19h, em solenidade fechada para convidados na Casa da Ribeira.

Rampa, 1942: Imagem de Hart Preston para a revista Time Life mostra o intenso fluxo de estrangeiros durante a Segunda Guerra
Rampa, 1942: Imagem de Hart Preston para a revista Time Life mostra o intenso fluxo de estrangeiros durante a Segunda Guerra

Durante a cerimônia, que terá espetáculos teatral e sinfônico, será apresentado o mapeamento feito pelo projeto com pontos de interesse histórico e cultural importantes da participação das duas cidades na segunda Grande Guerra. Todo o levantamento está reunido em um portal em quatro idiomas (Inglês, Francês, Espanhol e Português), que além do mapeamento dos pontos históricos, traz também personagens e fatos curiosos relacionados ao tema, como o caso do açúcar nos tanques de combustível, o rasante no desfile de 7 de setembro e do espião preso em Jacumã.

Além desse levantamento, feito por historiadores da Fundação Rampa e do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, o projeto criou governança ao chamar os principais interessados no tema para debater o assunto, desenvolvendo em paralelo estudos de viabilidade técnica e econômica do aeroporto Augusto Severo, que será transformado em um Centro Cultural, e do Museu da Rampa.

O Sebrae também inseriu a temática no edital de economia criativa, que apoiou financeiramente projetos culturais, como o espetáculo ‘Bye, Bye Natal’ e a coleção de três livros ‘A Participação do RN na Segunda Guerra Mundial‘, entre outras iniciativas.

“Mesmo sendo um episódio histórico bastante conhecido, essa participação na Segunda Guerra nunca foi de fato transformada em oferta turística. Por isso, estamos dando esse primeiro passo para a criação de um roteiro”, ressalta o gestor do projeto, Yves Guerra.

Além do portal, o projeto também prevê a publicação de uma websérie de dez vídeos, envolvendo a relação entre o Rio Grande do Norte e a II Guerra Mundial. O primeiro já será apresentado no momento do lançamento do projeto, que terá inclusive a participação do cônsul dos Estados Unidos em Recife (PE), John Barrett.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários