Maradona diz que seria vice de Cristina Kirchner

Publicação: 2018-10-03 09:19:00 | Comentários: 0
A+ A-
Kirchnerista desde a chegada de Néstor Kirchner ao poder, em 2003, o ex-jogador de futebol Diego Maradona disse, em entrevista ao jornal argentino Clarín, que seria vice em uma candidatura de Cristina Kirchner às eleições presidenciais de outubro de 2019.

Segundo o ex-jogador da seleção argentina, Fidel Castro teria recomendado que ele deveria se dedicar mais na área da política
Segundo o ex-jogador da seleção argentina, Fidel Castro teria recomendado que ele deveria se dedicar mais na área da política

Maradona, que atualmente é técnico do Dorados de Sinaloa, no México, diz ter recebido recomendação do líder cubano Fidel Castro, antes de ele morrer, de que deveria se dedicar mais à política e poderia fazer isso se aliando a Cristina.

Crítico do governo de Mauricio Macri, Maradona disse que o atual presidente argentino colocou "seus amigos" no poder e todos estão "roubando" a nação. "Ver um país que era estável e, de repente, tudo cai como se fosse um boneco de neve. Os americanos querem se apoderar de tudo", disse o ex-jogador, criticando também o governo Donald Trump, nos EUA. Fonte: Associated Press. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão Conteúdo


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários