Marcelinho é a aposta do América

Publicação: 2016-12-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Logo cedo o meia atacante Marcelinho teve que deixar sua cidade, Santa Maria, distante 70km de Natal, para tentar a sorte como jogador de futebol. Em 2011, aos 13 anos, chegava para treinar nas categorias de base do América. Se destacou e permaneceu no clube até 2013, quando surgiu uma grande oportunidade na sua carreira: trocar o Rio Grande do Norte pelo Rio de Janeiro e ir defender as cores do Flamengo. Sem ter muito no que pensar, o jovem de 15 anos aceitou o desafio e partiu para a cidade carioca, na tentativa de alçar vôos mais altos no seu futuro como atleta de futebol profissional.
Meia Marcelinho está confiante em realizar um bom Estadual
E conseguiu por um tempo. Até que, em novembro desse ano, surgiu a possibilidade de voltar ao América, para ter sua primeira chance como jogador profissional, aos 18 anos. Mesmo tendo a oportunidade de ficar no Rio de Janeiro, Marcelinho optou por retornar ao Alvirrubro, mesmo sabendo das dificuldades que o clube está atravessando, com o rebaixamento para a série D do Brasileiro. Mesmo com a pouca idade, o atleta mostrou que quer ter seus espaço dentro do time que vem sendo montado pelo técnico Felipe Surian e vai em busca do seu objetivo.

“É uma experiência nova, agora no profissional. Estive aqui no América entre 2011 e 2013 e agora vai ser novidade. Muito bom poder estar perto da minha família novamente. Passei muito tempo longe deles. E agora é trabalhar e mostrar ao professor que tenho condições de estar entre os titulares. Só tenho que mostrar o meu futebol”, previu.

Mesmo com toda a pressão que o América deve sofrer no início do ano por parte da torcida, que quer que o time volte a mostrar um bom futebol e seja competitivo em todas as competições que irá disputar, o jovem Marcelinho se mostra consciente do desafio, mas afirma que para atingir as metas, é preciso muita união e trabalho de todos.

 “É um peso enorme defender o América, mas como falei, joguei no Flamengo e, mesmo sendo nas categorias de base a cobrança é muito grande. É uma das maiores torcidas do mundo e vamos ter que trabalhar firme. O América é um time grande e não pode ficar na série D do Brasileiro. Vamos trabalhar para colocar o clube na série C, depois série B e se Deus quiser, para a série A do Brasileiro. E isso só acontece com muito trabalho”, afirmou.

Marcelinho é mais um reforço dentro os oito que o América contratou para essa temporada. O goleiro Fred falou sobre chegar em um clube com muitos novatos. “Eu estava procurando algum rosto conhecido, mas por enquanto ainda não vi”, brincou.


Deixe seu comentário!

Comentários