Marcelo Alecrim representa o Brasil

Publicação: 2010-04-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Marcelo Alecrim recebe troféu da Ernest & Young: trajetória de sucesso reconhecidaO empresário potiguar Marcelo Alecrim, presidente da ALE Combustíveis, quarta maior distribuidora do país, irá representar o Brasil na edição mundial do prêmio Empreendedor do Ano, promovido pela consultoria Ernst & Young em parceria com o Instituto Endeavor. Na quinta-feira passada, além de ter recebido, na categoria Master, o prêmio “Empreendedor do Ano” do Brasil, ele foi eleito o empreendedor brasileiro que irá defender o país, em junho, em Monte Carlo (Mônaco), numa disputa com outros empresários de diferentes nacionalidades.

No Brasil, essa é a 12ª edição do prêmio, presente em 50 países, que tem o objetivo de incentivar o espírito de perseverança e destacar os empreendedores que transformaram vitórias próprias em grandes contribuições para o país e para a sociedade.

Para Alecrim, a homenagem é o reconhecimento de que a receita de trabalho que vem sendo adotada na ALE dá certo. “Esse prêmio valoriza a força empreendedora de nosso país e é motivo de muita honra para mim. Somos uma empresa de abrangência nacional cuja forma de fazer negócio inclui respeitar e valorizar nossos revendedores, parceiros e colaboradores, pois temos consciência de que, com união e garra, podemos atuar de forma inovadora no mercado de distribuição de combustível”, afirma.

Essa é a segunda vez que Alecrim recebe a homenagem. Há dez anos, foi condecorado com o prêmio na categoria “O Mais Jovem Empreendedor”, quando ainda presidia a empresa regional SAT Distribuidora, fundada por ele, em 1996, no Rio Grande do Norte.

Trajetória

A trajetória marcante do empresário começou em 1976, quando trabalhava no posto de gasolina do pai, em Canguaratema, uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Norte. Depois de entrar para faculdade de administração, investiu seus esforços em expandir os negócios do pai. Em cinco anos, quintuplicou as vendas. Em 1996, fundou a Satélite Distribuidora de Petróleo (SAT) e passou a atender a demanda dos pequenos postos, um nicho de mercado que não era favorecido pelas grandes distribuidores de combustíveis.

Em 2002, quando o Brasil acumulava um dos piores níveis no risco-país, o empresário conquistou investimentos internacionais para a SAT, com uma associação ao Darby Overseas Investments Ltda nas Américas, instituição norte-americana que investia um fundo de receita fixa e um fundo de serviços financeiros em companhias da América Latina com potencial para superar a média dos maiores mercados americanos e europeus. Alecrim transformou a negociação em oportunidade de crescimento para a companhia. Em 2006, a empresa se uniu à ALE Combustíveis.

ALE

A ALE é a quarta distribuidora de combustíveis do Brasil, filiada ao Sindicom (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes). Com uma rede de cerca de 1.700 postos em 22 estados brasileiros, a companhia fechou 2009 com faturamento da ordem de R$ 7 bilhões. Por mês, a empresa, que gera 12 mil empregos diretos e indiretos, comercializa e distribui 350 milhões de litros de combustíveis a 5 mil clientes.

Em 2008, a ALE adquiriu os 327 postos da multinacional Repsol no Brasil e concluiu a aquisição da distribuidora catarinense Polipetro, com 130 postos nos estados de Santa Catarina e Paraná. Esses negócios aceleram os planos da companhia de atingir, em 2012, faturamento de R$ 8,1 bilhões e uma rede com 2.500 postos.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários