Marcha da Maconha

Publicação: 2011-05-28 19:11:00 | Comentários: 6
A+ A-
Diferentemente do que ocorreu em outras capitais brasileiras, como São Paulo, por exemplo, a Marcha da Maconha de Natal saiu. E saiuescoltada pela Polícia Militar. Para viabilizá-la, os organizadores tiveram de assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que entre várias ações, proibia o consumo e a venda de qualquer tipo de substância ilícita.
Marcha da maconha ocorre em Natal
O advogado da marcha, Pedro Siqueira, comemorou a decisão e explicou que o objeto da TAC também era controlar possíveis abusos dos dois lados: manifestantes e Polícia. “Ao liberar a marcha, eles
reconhecera
m um direito que é legítimo, que é o de contestar a legislação atual”, afirmou Pedro.

Um dos membros do Coletivo Marcha da Maconha Brasil, grupo que mantém o site www.marchadamaconha.org.br e apóia as manifestações realizadas em todo o País, porém, não aprovou as medidas, e chegou a postar um texto no fórum do site no último dia 21, classificando as normas impostas como ‘cerceadoras do movimento’.

"Na reunião que durou em torno de 2h30min, foram colocados inúmeros termos como condição para realização da marcha da maconha em Natal. A maioria deles, ao nosso ver, cercearam muito a organização do movimento como, por exemplo, a determinação para a marcha terminar às 17h, com tolerância de 30min., lista para cadastro dos organizadores, lista de quem estará permitido a falar no microfone, nome e cadastro dos músicos que irão tocar na marcha, camisas com a sinalização de
organização do evento. Vemos que isso é uma permissão tímida para ocorrer a manifestação”, postou o manifestante.

Apesar disso, Isabela Bentes, uma das organizadoras da marcha, afirmou que a organização conseguiu “entrar em comum acordo com a Polícia” e garantir a realização da marcha, sem necessidade de alterar o nome, como foi imposto em outras capitais. “Muitas capitais tiveram suas marchas proibidas. Isso mostra que estamos muito atrasados em relação e que antes de lutar pela legalização da maconha, é preciso lutar pela legalização do debate”, lamentou Isabela.

Com tempo de duração controlado pelo TAC, a marcha partiu da rua Erivan França, na Praia de Ponta Negra, e seguiu até o Praia Shopping. Cerca de mil pessoas participaram da manifestação. Esta é a segunda vez que a marcha ocorre em Natal, e a primeira vez em que ocorre fora dos muros da universidade, quando reuniu mais de 500 manifestantes.

Muitos aproveitaram a oportunidade para divulgar as vantagens da legalização da maconha. Para o professor e mestre em História, Enoque Vieira, defensor da legalização da maconha, “está mais do que
comprovado que o grande problema do Brasil não é a maconha”. Ele ressaltou o poder destruidor de drogas mais fortes como crack e o oxi e afirmou que a maconha ainda é vista com muito preconceito pela sociedade. “Ainda há muito preconceito em torno do nome”, afirma. Adepto da erva, Enoque defende o plantio de mudas nos quintais das casas, o que é proibido no Brasil.

A marcha reuniu manifestantes de todas as classes sociais e profissões, desde estudantes a cientistas renomados, como o neurocientista Sidarta Ribeiro.

Post

No post, o manifestante relembra que não seria permitido o consumo e a venda de qualquer substância ilícita na marcha, orientação que foi repetida diversas vezes durante a manifestação. “A manifestação é em prol de tornar legal algo que ainda é proibido. Portanto, esclarecemos que toda e qualquer conduta criminosa que ocorra durante a marcha da maconha será tomadas as medidas cabíveis em caso de flagrante. Cada indivíduo responde por si só, não cabendo ao advogado ou a qualquer um que seja identificado como organizador da marcha da maconha ter responsabilidade sobre o outro”.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • bolaogui

    apesar de ser uma vergonha nacional para esses viciados , os governo deveria ver com bons olhos ,´´deveria liberar´´ ser dona de todos os direitos da maconha e reverter o dinheiro de toda a venda para o distrito federal , governos e municípios , investir em saude , transito, instituições para viciados , etc...... algo que ajude o brasil a melhorar a mas , vender no preço mas alto , concerta o que nosso brasil tem de errado....... devemos ver como uma forma de contruir com a desgraça dos outros....... devemos ver como uma forma de melhorar para nosso pais com erro , tambem acertamos.................não sou viciado, não fumo, vejo com bons olhos ...

  • limahott

    Que falta Deus Destas Pessoas

  • lhhj

    Isso é um absurdo! Vivemos hoje os finais dos tempos mesmo. Marcha da maconha , marcha dos gays, entre outras... Que falta de autoridade nesse país. Falta de moral! Vocês que se dizem a favor da liberação dessas porcarias não sabem o que é ter um dependente químico dentro de casa! Hipócritas! Já não chega tanto sofrimento por causa da liberação do álcool e do cigarro e tantas outras drogas (remédios) consideradas legais ? Esse país está cada vez pior. As autoridades baixando a cabeça para essas \"manifestações\", por que não fazem a marcha contra os desempregados, pelos pais que não tem como sustentar seus filhos e precisam pedir esmolas nos semáforos, pelos idosos e aposentados que tem seus salários desvalorizados a cada dia por causa desses presidentes safados(as) e por tantas outras coisas mais importantes? Ex - Presidente Fernando Henrique! Que decepção! Falta de pulso dessas autoridades que não endurecem a voz e nem tomam atitudes de governantes severos! Graças a Deus meus avós não estão aqui para assistir essa vergonha que está ocorrendo com o mundo. Sinal do fim mesmo! Sem dúvidas!

  • lhhj

    Li a maioria dos comentários escritos pelos leitores da matéria. E graças a Deus vi que não sou apenas o único a condenar tal ação das autoridades que deixaram esse absurdo acontecer! Aí eu pergunto de peito lavado: VOCÊS QUE SE DIZEM DEFENSORES DO POVO, POLÍTICOS E DEMAIS AUTORIDADES: POR QUE PERMITIRAM ISSO OCORRER EM NATAL OU QUALQUER OUTRO LUGAR DO BRASIL? Senhor meu Deus, vejo que está mais do que na hora de mandar outro dilúvio lavar esse mundo sujo de novo! Bando de covardes! Tem a estrela no peito, mas não honrram nem a roupa de baixo que vestem! - QUE FALTA DE VERGONHA! Ah se fosse no tempo da chibata! Ia todo mundo em cana! Bando de safados, vagabundos mesmo!

  • martins.clariana

    Aos que são contra a legalização da canabis sativa,erva usada a muitos e muitos anos: Vão se informar melhor bando de IGNORANTES!!!Enquantos vocês estão em casa assistindo a corrupção do País,os CORRUPTOS empresários,políticos e servidores públicos estão faturando com o tráfico de drogas.Seus Manés!!!! Porque vocês acham que países do dito 1º mundo como os USA descriminalizaram a droga???? VÃO LER MAIS BANDO DE IGNORANTES!!!!!

  • poolgreen

    Infelizmente a polícia, a cada 15 minutos queria encrencar com alguma coisa, entrava no meio do movimento para proibir palavras de ordem, a música do \"pau e lata\" e até ficamos um bom tempo na Av. Roberto Freire sem o carro de som. podemos perguntar aonde foi que enfiaram a constituição, ou se tem algo escrito sobre algum meio de censura reguladora no Brasil que seja tácito. Sem falar no apoio das pessoas que nas calçadas ou nos carros apoiavam o movimento da Marcha da Maconha que é um movimento de paz e contra o tráfico!