Maurício Ferro: "Temos um plano de crescimento agressivo"

Publicação: 2019-08-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Até o final deste ano, o mercado voltado aos produtos de decoração, jardim, casa e design se tornará mais competitivo no Rio Grande do Norte. Após abrir um quiosque para vendas de pequenos produtos e e-commerce, uma das maiores empresas atuantes nesse segmento, a Tok&Stok, irá inaugurar uma loja no Natal Shopping.

De olho nos consumidores potiguares, gigante do varejo nacional irá ampliar atuação no Estado com abertura de loja em Natal. Na foto, o Gerente de Marketing e Comunicação da Tok&Stok, Maurício Ferro
De olho nos consumidores potiguares, gigante do varejo nacional irá ampliar atuação no Estado com abertura de loja em Natal. Na foto, o Gerente de Marketing e Comunicação da Tok&Stok, Maurício Ferro

A escolha do mercado potiguar faz parte dos projetos de ampliação da empresa, que deixou de ser familiar em 2012 com abertura de capital e aquisição de parte dele pelo Carlyle Group. Na entrevista a seguir, o gerente de Marketing e Comunicação da companhia, Maurício Ferro, detalha o que a loja a ser inaugurada no Estado terá de diferencial em relação às demais, além do processo de negociação para instalação e perspectivas em torno do atual momento da economia nacional.

Há quanto tempo a Tok&Stok opera no Brasil, quantas lojas administra e por quais razões decidiu investir no mercado potiguar?
A Tok&Stok nasceu em 1978 com o propósito de unir uma loja de móveis, design diferenciado, bons preços e entrega rápida. O “Tok” vem do design inovador dos produtos e o charme das lojas. O “Stok” está presente no atendimento ao cliente disponibilizando a retirada imediata como opção de entrega. A marca é referência de mercado por vender estilo de vida e inspiração. Atualmente, a Tok&Stok está presente em todo o Brasil com 54 lojas distribuídas por 19 estados, 32 cidades, além do Distrito Federal. Ainda temos cinco quiosques e uma plataforma de e-commerce. Em 2012, parte do capital da empresa foi adquirido pelo Carlyle Group e, com isso, depois de 34 anos, deixou de ser uma empresa familiar. O investimento no mercado potiguar faz parte do nosso plano de expansão, projeto este que iniciamos em 2019. Temos um plano de crescimento agressivo e acreditamos que praças como a de Natal, por exemplo, vão ao encontro da ideia de ampliar a nossa atuação em mercados regionais. Além do quiosque, vamos inaugurar uma loja na cidade ainda este ano.

Existe uma data prevista para a abertura da primeira loja no Estado? Quais serão os diferenciais?
A Tok&Stok é reconhecida pela qualidade de móveis e acessórios e pelo oferecimento de soluções práticas para o dia-a-dia. Tornar o design acessível é parte do conceito da marca. Agilidade e criatividade são inerentes à filosofia da empresa, o que pode ser comprovado pelo ritmo de lançamento de produtos. Seguindo essa linha, gostaríamos de levar a marca ao consumidor potiguar o mais rápido possível. A previsão da inauguração da loja é no dia 12 de dezembro. A cidade está em nosso radar para novos pontos, mas ainda não temos data definida para isso acontecer. A loja de Natal está sendo preparada com muito carinho para oferecer ao consumidor local todos os nossos novos recursos tecnológicos.

Quais são eles?
Entre as inovações, podemos destacar o novo lounge de atendimento, que substitui o balcão por um espaço que faz parte do ambiente da loja, tornando a interação entre funcionários e cliente muito mais confortável, pessoal e tranquilo. Além disso, a unidade oferecerá duas formas de pagamento: a tradicional, com dinheiro ou cartão de débito/crédito, ou através do TokPay, o novo modelo de pagamento 100% digital da Tok&Stok, que oferece mais parcelamento e aprovação de crédito mais rápida. Uma das maiores inovações apresentadas será o sistema de loja sem caixas de pagamento. A unidade contará com atendimento mobile e via tinpad, diretamente com o vendedor. Esse sistema oferece mais liberdade de encerrar a compra no momento e local da loja que for mais conveniente para o cliente, evitando filas e demoras para realizar o pagamento. Além disso, a loja terá os diferenciais já propostos pela Tok&Stok a todas as suas unidades, como exclusividade de grande parte dos móveis que compõem a coleção, produtos em parceria com designers nacionais e internacionais, curadoria especial de marcas parceiras, embalagens seguras e custos de entrega diferenciados, que proporcionam ao cliente poder optar por uma economia suplementar, realizando o transporte e a montagem por conta própria ou escolher a comodidade do serviço.

Desde quando as negociações com o Natal Shopping foram iniciadas e o que atraiu a Tok&Stok para escolher o empreendimento como endereço na capital potiguar?
As negociações se iniciam anos antes da instalação. É um processo de negociação minucioso e para garantir que toda a negociação corra de comum acordo para ambos os lados. Neste primeiro momento, inauguramos o quiosque. A próxima etapa são as tratativas para a instalação da loja, de fato, com muitos mais itens oferecidos aos consumidores.

Qual valor será investido na abertura dessa nova loja em Natal e quais são suas características e diferenciais em relação às concorrentes?
Não abrimos valores, mas estamos animados com o investimento no local, que deve resultar em um bom crescimento no número de consumidores locais, que poderão encontrar itens de decoração disponíveis para pronta retirada, além de fazer pedidos para entrega posterior no endereço do cliente. O modelo de negócios compactado atende à demanda dos clientes com mais praticidade. A marca dispõe de um vasto leque de itens como móveis para todos os ambientes, acessórios, objetos de decoração, itens de cama, mesa e banho, home office, lavanderia, bar, estar e home cinema, jardim, iluminação, entre outros.

Quantos empregos diretos e indiretos deverão ser gerados e qual o perfil de trabalhador a empresa procura no Estado?
Com o funcionamento do quiosque, nossa mão de obra ainda é reduzida, visto que os colaboradores realizam um atendimento para comportar uma versão compacta da Tok&Stok. Para a abertura da loja, que acontecerá posteriormente, realizamos seleções para a contratação de caixas, estoquistas, vendedores e demais cargos. No Brasil, contamos com mais de 300 funcionários na sede da empresa e mais de 3.000 em toda a rede.

Lojas da rede foram inauguradas em capitais vizinhas como Fortaleza e João Pessoa há alguns anos. Por que somente agora a empresa visa o mercado norte-rio-grandense?
O ano de 2019 foi o escolhido para darmos o start neste plano de expansão mais agressivo. Nossos maiores investimentos, neste momento, são em expansão física, jornada ominichannel e reestruturação interna. Além disso, o mercado como um todo passa por uma pulverização, inclusive nas redes sociais, que, hoje, muitos acreditam ter se tornado concorrentes do varejo tradicional. Entregamos mais do que tendência e jovialidade, mas um pacote de assets que fazem a diferença na decisão de compra com segurança, confiabilidade, tradição e até mesmo uma relação emocional com a Tok&Stok. Por esses e outros motivos acreditamos que Natal será mais um local que vamos proporcionar essa valiosa experiência.

A economia nacional não apresenta sinais robustos de recuperação e o comércio, inclusive, já teve sua projeção de crescimento revisada para menor pela CNC. Mesmo assim, o momento é oportuno para investimentos? Por quê?
Enquanto inúmeras empresas do setor de móveis e acessórios no Brasil sofreram com a crise nesse período, chegando a cair até mais que o PIB, a Tok&Stok, se manteve estável, acima do PIB e de suas concorrentes.  A depressão foi do varejo como um todo. Nosso negócio tem ligação direta, também, com o setor da construção civil que foi um dos mais impactados. Ainda assim, apesar de uma queda, nos mantivemos. Todo esse movimento só foi possível porque respeitamos o calendário do varejo e mais ainda, fizemos a lição de casa de usar este momento para rever processos, canais e estrutura. Neste momento pós crise, começamos a implementar um plano de crescimento ambicioso. Em cinco anos pretendemos dobrar o faturamento da Tok&Stok e ampliar o market share da companhia de 5% para 20%. Isso pautado em estratégias como a ampliação e novos modelos de lojas, fortalecimento do e-commerce e plataforma de ominichannel, entre outras frentes de negócios. Em 2019, ainda, serão sete novos PDVs (entre lojas e quiosques).

Quais são as expectativas em relação aos negócios no Rio Grande do Norte? Há possibilidade de abertura de novas lojas da rede em outra cidade do Estado?
Entendemos que o Estado, bem como Natal, possui um imenso potencial para alavancar, ainda mais, nossas projeções. Além disso, o aquecimento da economia local e a geração de emprego e renda fazem parte da missão da marca. Hoje, uma loja física da marca possui um fluxo diário de 1.200 pax (clientes)/dia. Já o site de 85 mil pax/dia. Acreditamos que com a abertura do quiosque em Natal, as vendas por meio da nossa plataforma de e-commerce também aumentem. Lembrando que o quiosque é a chance para os clientes terem um primeiro contato com a Tok&Stok até a abertura da loja, que está prevista para o final de 2019. 







continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários