Médicos do estado entram em greve no dia 1º de junho

Publicação: 2011-05-19 11:29:00 | Comentários: 3
A+ A-
Em assembléia realizada ontem (18), na sede do Sindicato dos Médicos do RN ( Sinmed), os médicos da rede estadual de saúde decidiram, por unanimidade, realizar greve geral a partir do dia 1º de junho.

A classe médica optou pelo movimento grevista devido à quebra de compromisso do governo que, desrespeitando a lei de 31/03/2010, não pagou a incorporação prevista para este mês de maio.

Além deste fator, alguns assuntos da pauta de reivindicações enviada a Sesap não foram atendidas, nem mesmo respondidas pelo órgão. Como por exemplo, atraso de salários dos médicos recém-contratados, plantões por indenizações e aumento do quantitativo de profissionais.

Já os médicos recém contratado que estavam em greve há um mês, voltam as suas atividades normais a partir de hoje. Em virtude da promessa de folhas de pagamento extras, os médicos suspenderam a greve atual  com a possibilidade de aderir à greve geral do dia 1º de junho.

Alguns destes médicos contratados a partir de 2010 estão sem receber há 11 meses. O Sindicato deve avaliar pessoalmente os nomes de quem não recebeu o pagamento, junto a Sesap, para tentar acelerar o processo.

“Mesmo com esses atrasos pendentes, tivemos avanços com o movimento de greve. Foram divulgadas duas folhas extras de pagamento e vários médicos já receberam parte dos atrasados”, ressalta Dr. Geral, presidente do Sinmed RN.

Uma nova assembléia está marcada para o próximo dia 31 de maio, às 19h, para avaliar as condições de greve geral.

* Fonte: Sinmed

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários

  • deuto_lima

    De novo ? Tem fim nunca !

  • marcosaraujonet

    Eu estou envergonhado de ser potiguar nessas horas, ligar a tv e ver em rede nacional (Bom dia Brasil, rede globo) noticiar ao vivo o caus que se encontra nosso estado, professores em greve, policia em greve, motoristas e cobradores e o detran em greve a partir da próxima segunda e agora os médicos. Eu me pergunto, onde isso vai parar? Será toda a culpa é mesmo de gestões passadas? Ou será despreparo mesmo? Não consigo entender como um estado pequeno como o nosso, rico em vários setores, passa por isso.

  • andrluiz53

    Agora o \'gorverno\' da Rosa vai fechar pra \'balanço\' com os 3 serviços básicos e essenciais da população, Saúde, Educação e Segurança, em greve. Cadê a \'Reconstrução\', cadê o \'Avanço\', só se vê o contrário. Abra o olho governadora que o governo é nosso, é do povo e não seu e de seus aliados.!