Medina dá show e supera Ítalo Ferreira em final na África do Sul

Publicação: 2019-07-19 10:34:00 | Comentários: 0
A+ A-
O potiguar Ítalo Ferreira até tentou, mas o dia era de Gabriel Medina. Na final da etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, na manhã desta sexta-feira (19), o potiguar surfou bem, mas não foi páreo para um Gabriel Medina inspirado.
Gabriel Medina deu show e venceu etapa da África do Sul
Medina dá show e vence etapa de J-Bay

Começando a bateria se impondo, Ítalo Ferreira impressionou logo em sua primeira onda, conseguindo um 9,10 após batidas verticais e finalização perfeita na onda de J-Bay. Contudo, Medina não pareceu se assustar e seguiu com seu plano, aguardando a melhor oportunidade - que chegou rapidamente.

Em sua segunda onda surfada, Medina conseguiu a maior onda da bateria. Aproveitando a potência, ele acertou três fortes batidas em pontos críticos da onda, finalizando na junção e comemorando. Os jurados deram média de 9,73. A disputa seguia aberta.

Mais dinâmico e buscando mais ondas, Ítalo Ferreira aproveitou a prioridade e surfou mais uma boa onda. Porém, sem tamanho e proporcionando manobras menos verticais que as de Medina, o potiguar somou apenas 7,67. Era uma liderança momentânea e parecia questão de tempo até Gabriel Medina superar a nota.

Precisando de uma nota superior a 7,04, Medina fez mais. Encontrou a melhor onda de toda a competição, abusando das rasgadas, batidas e achando um longo tubo para finalizar. No somatório, um dos jurados chegou a dar nota 10,00, mas a média ficou em 9,77. Com isso, Ítalo ficou na combinação restando pouco mais de 3 minutos para finalizar a bateria. Com isso o título já era de Medina.

Com as boas campanhas dos brasileiros, o ranking mundial ficou embolado. O líder é o americano Kolohe Andino, com 33,845 pontos, seguido por Filipe Toledo, com 33,280. Bicampeão mundial, John Joh Florence é o terceiro, com 32,425 pontos, mas está machucado e não deverá mais competir na temporada. O quarto colocado é Ítalo Ferreira, que subiu duas posições e soma 29,950 pontos na disputa, à frente do japonês Kanoa Igarashi (29,450 pontos), do sul-africano Jordy Smith (29,365 pontos) e Gabriel Medina (26,895).

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários