Menor endividamento

Publicação: 2020-12-02 00:00:00
Luiz Antônio Felipe 
laf@tribunadonorte.com.br

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) divulga a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) mostrando que o endividamento dos brasileiros retorna ao nível pré-pandemia em novembro, caindo pela terceira vez seguida (0,5 ponto percentual) chegando ao menor patamar em oito meses. Ainda registra 66% dos consumidores endividados. No comparativo anual, contudo, o indicador registrou aumento de 0,9 ponto percentual. Os indicadores recentes têm mostrado que a recuperação da economia está mais robusta do que as estimativas indicavam, daí as pressões inflacionárias por oferta e demanda.

INDÚSTRIA 
O índice de Desempenho da Indústria confirma que a produtividade do trabalho no setor cresceu mais 8% no terceiro trimestre, aponta a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Apesar da importante alta nos últimos meses, após acentuada queda por conta da pandemia, o ganho de produtividade em 2020 não deve passar de 1% pelo terceiro ano consecutivo.

CRESCIMENTO
A economia brasileira está bem na fita. Para o PIB de 2020, a OCDE melhora a projeção, mas piora para 2021. Aliás, a organização vê uma recuperação global da economia, sem levar em conta uma segunda onda na Europa e Estados Unidos, com a chegada do inverno.

EMPREGO 
Enquanto a economia dá sinais de recuperação, o número de desempregados no País cresceu 35,9% em 6 meses da pandemia do coronavírus. A população desocupada atinge 13 milhões 763 mil de pessoas em outubro, um verdadeiro batalhão de pessoas em busca de trabalho.

MOEDAS 
O primeiro pregão de dezembro é de alta no Ibovespa, com a cena externa tendo impacto nos negócios. O Ibovespa fechou em forte alta de +2,13% a 111.216 pontos. O dólar foi vendido a R$ 5,229, uma queda de -2,19%. O euro foi negociado por R$ 6,297, uma queda  de -1,41%. O barril de petróleo (spot) fechou a US$ 44,58, uma leve queda de -0,47%. Mais entrada de dolares em novembro com a balança comercial registrando superávit de US$ 3,73 bilhões.

REFORMA ADMINISTRATIVA
Várias entidades lançaram um manifesto contra a atual proposta de reforma administrativa. Defendem uma reforma e uma PEC Emergencial que otimize o Estado, estruture carreiras e não penalize a população. Sob o pretexto de economizar cerca de R$ 300 bilhões em 10 anos, sem apresentar nenhum cálculo que comprove a estimativa, a proposta enviada ao Congresso fragiliza gravemente o serviço público, acusam as entidade.

SEGURO 
O projeto-piloto para estimular a contratação de seguro rural em 2020 teve adesão de quase 10 mil produtores do Pronaf. No total, foram aplicados cerca de R$ 38 milhões em subvenção para a contratação de apólices de seguro. A área segurada é cerca de  282 mil hectares e um valor segurado de R$ 937 milhões.

TARIFA 
A indústria, o comércio e a agricultura avisam. A bandeira vermelha 2 volta e a conta de luz fica mais cara e os produtos também. O mês começou com aumento do custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Quem não agüentar uma redução na margem de lucro transfere para o preço final. O fato é que energia no Brasil está escassa.

EXPANSÃO 
A Guararapes/Riachuelo inaugura a quarta loja Carter’s, no Shopping Center Norte, em São Paulo. A Companhia totaliza agora 331 lojas, sendo 323 da Riachuelo, quatro da Carter’s e quatro da Casa Riachuelo.  A Riachuelo também foi classificada em primeiro lugar no Prêmio Valor Carreiras de 2020 pelo reconhecimento em gestão de pessoas.

LANÇAMENTO 
A Havanna, rede argentina de cafeterias, e a TRES (3Corações) se unem para criação de cápsula de Cappuccino Doce de Leite. Co-branding entre o tradicional Dulce de Leche Havanna e uma das bebidas preferidas dos brasileiros está disponível a preço sugerido de R$ 18,98 na caixa com dez unidades.

FACILIDADE 
A partir deste mês, o pagamento aos beneficiários do Programa Bolsa Família será pela Conta Poupança Social Digital. Segundo a Caixa Econômica, mais de nove milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo CAIXA Tem.

FIDELIDADE 
O acúmulo e o resgate de pontos nos programas de fidelidade aumentam mais, diz a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização. Os brasileiros juntaram nada menos do que 55,2 bilhões de pontos/milhas no terceiro trimestre, cerca de 31% a mais do que no período anterior. As passagens aéreas foram as preferidas no momento de troca, sendo o destino de 53,7% do saldo resgatado.








Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.