Metade dos eleitores está na Grande Natal e Mossoró

Publicação: 2018-08-03 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Praticamente a metade do contingente de 2.373.96 eleitores do Rio Grande do Norte está concentrada em 15 dos 167 municípios potiguares, que representam a Região Metropolitana de Natal (RMN) e Mossoró. A informação consta nas estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Grande Natal conta com 986.677 eleitores e Mossoró 174.189, enquanto no somatório são 1.160.866 pessoas aptas a votar nas eleições gerais de 7 de outubro deste ano, o que dá um percentual de 48,9% eleitores em relação ao eleitorado de todo o Estado.

Luiz Fux apresentou os números consolidados de eleitores que estão registrados
Luiz Fux apresentou os números consolidados de eleitores que estão registrados

Com 557.109 eleitores – 22.527 a mais do que havia nas eleições municipais de 2016, Natal representa 23,47% dos eleitores do Rio Grande do Norte, mas se somado ao segundo maior contingente eleitoral do Estado - Mossoró, que tem 174.189 eleitores, esse percentual sobe para 31,65%.

Pouco atrás, o município de  Parnamirim aparece como terceiro maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte, com 119.189 votantes. Em seguida, vêm São Gonçalo do Amarante, com 65.066; Ceará Mirim, 51.506 e Macaíba, 49.803.

Os dados do TSE também mostram que os dez municípios com maiores números de eleitores inclui dois municípios da região do Seridó - Caicó, com 42.795 eleitores e Currais Novos, 30.007, além de Assu, na região Oeste, com 41.799, que se somam a outros seis municípios da Grande Natal e Mossoró. Esses dez municípios contam com 1.161.288 eleitores ou 48,92% de todo o colégio eleitoral do Rio Grande do  Norte, que tem apenas 1,16% do eleitorado do país, que é de 146.801.627 pessoas aptas ao voto.

Dados da Justiça Eleitoral também indicam que além de Natal, que tinha 534.583 eleitores  em 2016 e aumentou em 5,05% o número de eleitores este ano, Mossoró também elevou de 167.120 eleitores em 2016 para 178.189 eleitores este ano.

Outros municípios da Grande Natal que tiveram crescimento de eleitores são Ceará Mirim, que tinha 47.223 eleitores há quatro anos e foi agora para 51.506; Macaíba saiu de 48.828 para 49.803 eleitores, Parnamirim foi de 108.719 para 119.014 eleitores; São José do Mipibu tinha 29.140 e cresceu para 30.000; Nísia Floresta contava com 19.894 votantes e aumento para 20.012 eleitores; Ielmo Marinho saiu de 9.997 para 10.202; Monte Alegre de 15.786 para 16.267 eleitores;  São Gonçalo do Amarante foi de 61.413 para 65.066, enquanto Goianinha saiu de 18.474 para 19.138 eleitores e Vera Cruz, que tinha 9.506 elevou o eleitorado para 9.709 pessoas.

Apenas três municípios da Região Metropolitana de Natal passaram por diminuição do número de eleitores entre os anos de 2016 e 2018: Arês tinha 11.152 e caiu para 10.302;  Extremoz tinha 22.197 e reduziu8 para 20.521 e, finalmente, Maxaranguape, que contava com 9.934 eleitores há quatro anos e caiu agora para 8.028 votantes.   

Os números oficiais de eleitores foram anunciados pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante a inauguração do Centro de Divulgação das Eleições (CDE). As informações são oriundas do Cadastro Eleitoral, banco de dados oficial sobre o eleitorado brasileiro, e referem-se às estatísticas auditadas até o final de julho após o fechamento do cadastro, no dia 9 de maio.

Eleitorado da Grande Natal e Mossoró
Grande Natal:

Arês -10.302;

Ceará Mirim- 51.506 ;

Extremoz- 20.521;

Goianinha -19.138;

Ielmo Marinho- 10.202;

Macaíba - 49.803;

Maxaranguape- 8.028;

Monte Alegre - 16.267;

Natal - 557.109;

Nísia Floresta - 20.012;

Parnamirim  -119.014;

São Gonçalo do Amarante- 65.066 ;

São José do Mipibu -30.000;

Vera Cruz- 9.709;

Mossoró- 174.189;

Eleitorado do Estado -2.372.619;

Grande Natal e Mossoró -1.160.866 (48,9%).


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários