Mil agentes vão reforçar a Operação Verão no RN

Publicação: 2020-01-04 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Governo do Rio Grande do Norte lançou oficialmente nesta sexta-feira (3), a 'Operação Verão 2020', que contará com reforços em todos os órgãos de segurança pública do Estado. Ao todo, o Governo irá investir R$ 8,9 milhões, sendo R$ 6 milhões para o pagamento de diárias operacionais dos cerca de mil agentes em atividade extra que devem participar por dia da operação. O restante do valor deve ser gasto com outras despesas como alimentação, combustível e manutenção de equipamentos.

Créditos: Elisa ElsieOitocentos policiais militares vão participar da operação que visa reforçar segurança no período de veraneio no EstadoOitocentos policiais militares vão participar da operação que visa reforçar segurança no período de veraneio no Estado
Oitocentos policiais militares vão participar da operação que visa reforçar segurança no período de veraneio no Estado

Durante o evento de lançamento do programa, realizada no posto do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) em Pium-Parnamirim, a governadora Fátima Bezerra reuniu os principais integrantes da cúpula da segurança pública para traçar estratégias e alinhar ações para a operação. Entre eles estiveram o vice-governador Antenor Roberto, o secretário de Segurança, coronel Francisco Araújo, o comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, a delegada geral da Polícia Civil, Ana Claudia Saraiva Gomes e o subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Josenildo Acioli.

“Mesmo em meio a toda a dificuldade do Estado, o Governo  tem foco, tem planejamento e estabelece prioridades. Daí estarmos aqui, simbolicamente, dando a largada em mais uma operação especial. Investimento de R$6 milhões somente em diárias operacionais, isso significa garantir mais mil agentes de segurança trabalhando em regime de hora extra com pagamento assegurado.” ressaltou a governadora sobre a importância da mobilização do efetivo.

Fátima afirma ainda que além da segurança pública, outras secretarias do Governo estarão envolvidas durante o verão, para auxiliar na operação; “Some-se a isso as demais secretarias e órgão do Governo; a Secretaria da Mulher, de Saúde, Turismo, educação... Então primeiro o Governo do Estado está integrado, segundo há a integração com as prefeituras por meio das Guardas Municipais, e a integração que nós temos com as forças de segurança a nível nacional, que tem sido muito importante.

A Operação Verão já começou no Estado desde meados de dezembro de 2019, e de acordo com as forças de segurança, deve seguir ao menos até o final do carnaval.

O secretário de segurança pública e defesa social, coronel Francisco Araújo, ressaltou a importância do trabalho unificado e integrado entre as diferentes forças de segurança estaduais; “Todo o sistema de segurança pública (Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico e Científico de Perícia, Departamento Estadual de Trânsito) está integrado para garantir a segurança do cidadão norte-rio-grandense, do cidadão que vem de outro estado e do estrangeiro que também vem veranear”

O titular da Sesed ainda garante o pagamento das diárias operacionais para os agentes que vão participar da operação está garantido, mesmo em meio a crise econômica do Estado. “É um esforço do Governo do estado para realizar essa operação, apesar de todas as dificuldades financeiras e orçamentárias, está garantido o investimento de R$ 6 milhões para o pagamento das diárias operacionais.” reforça o Coronel Francisco Araújo.

Polícia Civil
A Operação Verão da Polícia Civil vai contar com duas novidades: uma equipe fixa para atuar na praia de Pipa, e uma delegacia móvel para atender a ocorrências em São Miguel do Gostoso. As duas praias foram escolhidas como pontos centrais pela grande quantidade de pessoas que costuma circular durante o período do veraneio.

No litoral Norte, a Polícia Civil estará presente nas praias da Redinha Nova, Santa Rita, Genipabu, Barra do Rio, Pitangui, Graçandu, Jacumã, Muriú, Porto Mirim, Barra de Maxaranguape, Caraúbas e Maracajaú. Já no litoral Sul, estão inclusos Pium, Cotovelo, Pirangi do Norte, Pirangi do Sul até a praia de Barreta, o corredor turístico de Natal e a praia da Redinha Velha.

Durante a semana, as delegacias vão funcionar durante o horário normal, das 8h às 18h, e, a partir da sexta-feira e durante os fins de semana e feriados, as delegacias vão funcionar 24h. Além disso, a Delegacia do Turista, localizada no Praia Shopping, em Natal, também vai funcionar em horário diferenciado, até as 22h, horário de fechamento do shopping.

Ao todo, serão 1.094 policiais civis atuando na Operação Verão, entre delegados (27), escrivães (27), agentes (1.036), coordenadores e supervisores.

Polícia Militar
Oitocentos policiais militares vão reforçar a segurança durante o período de veraneio no Rio Grande do Norte. Os três comandos da PM vão participar da operação: Polícia Rodoviária Estadual, o Comando do Interior e o Comando da Região Metropolitana de Natal.

Os policiais vão atuar durante 51 dias, reforçando o policiamento ostensivo com patrulhas a pé, carro, cavalo, bicicleta e motocicleta. As barreiras policiais de trânsito também serão reforçadas durante o período, e os policiais devem trabalhar principalmente para tentar coibir crimes ambientais, como a poluição sonora provocada por carros de som, tráfico de drogas, exploração sexual infantil, furtos e roubos.

Números
RS8,9 milhões investidos

R$6 milhões somente em diárias operacionais

MIL agentes por dia em serviço extra

Planejamento
Confira a participação de cada órgão de segurança na Operação Verão:

Bombeiros
90 bombeiros militares vão participar do efetivo da Operação Verão. Desses, 46 estarão na parte de salvamento aquático. Eles vão atuar em 75 dos 171 municípios potiguares, expandindo a área de presença dos guarda-vidas, que, normalmente, costumam se estender apenas até a praia de Maxaranguape mas, durante a operação, também vai englobar praticamente todo o litoral potiguar.









Deixe seu comentário!

Comentários