Ministério da Educação anuncia novo corte de bolsas de pesquisa da Capes

Publicação: 2019-09-02 18:01:00
A+ A-
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) anunciou o corte de 5.613 bolsas de mestrado e doutorado neste ano. De acordo com comunicado divulgado pelo órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), esse número representa 2,65% das 92.680 bolsas de pós-graduação ativas e ficariam ociosas a partir deste mês até o final de 2019.

Com a medida, nenhum novo pesquisador vai poder ser financiado neste ano. Segundo a Capes, o congelamento das bolsas assegura o pagamento de todas as bolsas ativas.  “Queremos preservar o pagamento dos todos bolsistas que já recebem o benefício”, afirma Anderson Correia, presidente da Capes.

Desde o início de 2019, já foram anunciados três cortes, totalizando 11.811 bolsas de pesquisas canceladas. O novo corte representa o não investimento de R$ 37,8 milhões em pesquisa, podendo chegar a R$ 544 milhões nos próximos quatro anos.

Segundo o comunicado da Capes, o órgão e o MEC buscam alternativas para recompor o orçamento de 2020. “Todas as possibilidades estão sendo estudadas para garantir o pleno funcionamento dos serviços prestados”, argumentou. Uma das iniciativas será buscar financiamento por meio de parcerias com empresas na formação de recursos.