Ministro da Integração confirma a transposição até dezembro

Publicação: 2017-04-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Se não houver nenhum obstáculo legal, as obras que levarão para o Rio Grande do Norte a transposição do São Francisco estarão finalizadas até o final de dezembro. Ele participou de audiência pública, nesta quarta-feira (5), na Comissão de Desenvolvimento Regional.

Hélder Barbalho informou que até o dia 25 de abril as águas da transposição do rio São Francisco deverão chegar ao Açude de Boqueirão, na Paraíba. O reservatório é responsável pelo abastecimento de Campina Grande e de outras 18 cidades do Agreste paraibano. Respondendo a questionamento do senador Garibaldi Filho, o ministro estimou apenas a conclusão das obras físicas que levarão às águas do São Francisco para o RN.

“Para agilizar a chegada efetiva da água, vamos utilizar a mesma estratégia praticada no Eixo Leste, quando a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) emprestou conjuntos de motobombas para reduzir o máximo possível o tempo entre a entrega das obras físicas e a chegada efetiva das águas”, afirmou o ministro.

O ministro da Integração Nacional lembrou que o atraso na entrega do Eixo Norte se deu em virtude de a Construtora Mendes Júnior ter desistido de dar prosseguimento às obras. Depois de manter entendimentos com o Tribunal de Contas da União, o Ministério resolveu realizar uma nova licitação para o trecho.

A audiência pública contou com a participação de vários representantes do Rio Grande do Norte. Além dos senadores Garibaldi Filho, José Agripino e Fátima Bezerra (presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional), estiveram presentes, entre outros, os deputados federais Felipe Maia, Walter Alves e Zenaide Maia, os deputados estaduais Fernando Mineiro e Gustavo Fernandes, o arcebispo de Natal Dom Jaime Vieira e a reitora da UFRN, Ângela Paiva.

A senadora Fátima Bezerra afirmou que será criado um grupo de trabalho para acompanhar o andamento das obras físicas e seus desdobramentos sociais nos estados envolvidos na transposição do Rio São Francisco.

O senador José Agripino propôs que os parlamentares potiguares destinem suas emendas de bancada para a transposição do São Francisco. A sugestão foi durante audiência da Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR).

O senador Garibaldi recordou a atuação do Monsenhor Expedito Medeiros, durante sua intervenção na audiência pública. Ele homenageou o líder religioso por sua luta em favor da universalização da água para os mais pobres e pela defesa da transposição do São Francisco. A senadora Fátima Bezerra também externou sua admiração pelo Monsenhor.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários