Ministro erra ao confirmar R$ 770 mi de leilão do Pré-Sal para o RN

Publicação: 2019-11-08 15:04:00 | Comentários: 0
A+ A-
O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz  Eduardo Ramos, se equivocou ao dizer que o Rio Grande do Norte teria direito a R$ 771 milhões em repasses da cessão onerosa, que resultam do megaleilão do pré-sal. O anúncio foi feito na tarde da quinta-feira (7), durante reunião com a governadora Fátima Bezerra e o secretariado do Estado.

Luiz Eduardo Ramos (E) surpreendeu até o Governo do RN com anúncio
Equipe do Governo se surpreendeu com 'verba extra' anunciada pelo ministro

De acordo com o Governo do Estado, a equipe do ministro Luiz Eduardo Ramos entrou em contato para explicar o erro e deve emitir nota se desculpando. No dia da divulgação dos valores, o ministro chegou a afirmar que havia pedido a sua secretária para que confirmasse o número por diversas vezes. ““Pedi à minha secretária que checasse, checasse e checasse essas informações para que eu pudesse anunciar” disse.

O valor de R$ 770 milhões surpreendeu a equipe do Governo, que via o 'dinheiro extra' como oportunidade para auxiliar na organização dos problemas financeiros do Estado. Originalmente eram esperados R$ 159,5 milhões para o Rio Grande do Norte, montante que deve ser o real, a ser confirmado pelo planejamento. 

O ministro Luiz Eduardo Ramos cumpre agenda no Nordeste, e a visita ao RN teve como objetivo principal apresentar o Plano Nordeste – que que sinaliza com investidos na região da ordem de R$ 4 bilhões até dezembro de 2020 em áreas como infraestrutura hídrica e rodoviária, educação, saúde e segurança.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários