Ministro Paulo Guedes confirma mais duas parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial

Publicação: 2020-06-30 10:07:00
A+ A-
O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a prorrogação do auxílio emergencial em mais duas parcelas de R$ 600. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (30) à CNN Brasil e o anúncio deve ser feito em cerimônia no Palácio do Planalto durante a tarde.
Créditos: Adriano AbreuDecreto presidencial vai oficializar prorrogaçãoDecreto presidencial vai oficializar prorrogação
De acordo com Guedes, como o valor das novas parcelas são mudará, não será necessário aprovar uma nova lei no Congresso, apenas um decreto presidencial.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro defendeu que a prorrogação fosse em três parcelas decrescentes de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. A equipe econômica do governo estudou as duas formas de prorrogação, mas a opção com os valores decrescentes exigiria a aprovação de um novo dispositivo legal.

Para Guedes, as medidas tomadas até agora pelo governo nas áreas de crédito e renda para a população - sobretudo o auxílio emergencial - têm conseguido atenuar a crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus.

"Apesar da queda brutal da produção e do comércio, a massa salarial no Brasil subiu. Há mais recursos circulando hoje do que antes da crise, atenuamos o impacto econômico", afirmou, em audiência pública por videoconferência na Comissão Mista do Congresso Nacional que monitora a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas à covid-19.




Atualizada às 12h08 com informações da Agência Estado