Sob sol forte, milhares de fiéis celebram o Dia de São José em Angicos

Publicação: 2017-03-19 09:38:00 | Comentários: 0
A+ A-
Fé, devoção e muitas orações pedindo mais chuvas no sertão marcaram a missa campal em homenagem ao Dia de São José, no município de Angicos, a 171 quilômetros de Natal. A cerimônia que teve início às 9h20 reuniu milhares de fiéis na praça José da Penha, em frente à igreja matriz, e foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. A celebração é um dos eventos programados para encerrar a festa em homenagem ao padroeiro da cidade.
Fiéis acompanham missa campal nas celebrações do Dia de São José em Angicos
* Milhares de fiéis acompanharam a missa campal em Angicos

Desde o último dia 9 de março, a Paróquia de São José dos Angicos, que envolve os municípios de Angicos e Fernando Pedroza, na região Central do Rio Grande do Norte, realiza uma programação alusiva ao santo que, segundo a Bíblia, foi o pai adotivo de Jesus Cristo e esposo da virgem Maria. Este ano, a festa completou 180 anos e o tema escolhido foi “A virgem Maria e São José, uma escola de virtudes”.

A missa campal é um dos pontos altos da festa. Presidida pelo arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha e concelebrada pelo pároco de Angicos, padre Severino da Silva Neto, e o arcebispo emérito Dom Matias, a solenidade também foi momento de agradecer as chuvas que estão caindo no estado. Durante a missa, não choveu, mas mesmo sob forte sol e céu nublado, a esperança é de que o inverno seja bom.  
Arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha celebra missa campal em Angicos
* Arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha presidiu celebração em homenagem ao Dia de São José

A cerimônia também contou com a presença de vários políticos. Entre eles, o prefeito de Angicos, Deudeste Gomes (PSDB); senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), deputado federal Walter Alves (PMDB) e os deputados estaduais José Dias e José Adécio.

Antes da benção final, o pároco de Angicos aproveitou para pedir aos políticos presentes para não votarem projetos que sejam “contra os trabalhadores”. “O povo me pediu para falar e eu peço que não votem essas reformas que são contra os trabalhadores”, disse o padre Severino, fazendo alusão principalmente à reforma da Previdência.

Apesar da previsão dos meteorologistas de chuva para este domingo, o céu está claro e sem sinais de precipitação, pelo menos, na cidade de Angicos. Conforme a crença popular do homem do campo, caso chova no dia 19 de março, o resto do inverno no semiárido nordestino deve ser bom.

Desde o mês passado, o sertão potiguar tem recebido chuvas generosas. Para este domingo, a previsão da Emparn é de chuvas isolados por todo o Estado.  Pelo interior do Rio Grande do Norte, festas religiosas e sociais marcam esse fim de semana.

Nos últimos dez dias, ocorreram celebrações de novenário, missas, recitação do terço e ofício de Nossa Senhora. Hoje, em Angicos a programação, dedicada ao santo padroeiro da cidade, e que  começou às 6h, com a missa dos devotos do pai terreno de Jesus Cristo, presidida pelo pároco emérito, o monsenhor Francisco das Chagas Pinto, está sendo encerrada.

Nesse momento, acontece um “pipocaço” com fogos de artifício. Às 16h, os fiéis fazem uma tradicional procissão pelas ruas de Angicos, culminando com a missa de encerramento, presidida pelo administrador paroquial, Padre Wilson Alves, e arriamento das bandeiras logo depois. “Mesmo que os meteorologistas não acreditem em um bom inverno, a fé do sertanejo é muito forte e eles acorrem sempre a São José, pedindo chuvas para o sertão”, afirmou o padre Severino Neto.

Apesar do céu claro em Angicos, nesta manhã, o agricultor Manoel Romão de Souza, conhecido por Manoel Preto, não perdeu as esperança e a fé de que a cidade terá um bom inverno. "Estou com tanta esperança que plantei desde a terceira semana de janeiro feijão, milho e batata. Estou esperando colher", afirma Manoel Preto, que tradicionalmente participa das celebrações do Dia de São José.

*Colaboração de Aluênia Alves e Roberto Lucena

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários