Cookie Consent
Alex Medeiros
Modelos de vida
Publicado: 00:01:00 - 24/06/2022 Atualizado: 21:56:22 - 23/06/2022
Alex Medeiros 
alexmedeiros1959@gmail.com

Nenhum rosto foi mais cultuado e vendido nos anos 1990 do que o da modelo inglesa Kate Moss. A mais fina das anoréxicas tops do mundo detém até hoje os títulos de mais linda e mais confusa do universo fashion. Ganhou, entre tantas pesquisas, uma eleição de modelo mais sexy de todos os tempos num canal de TV americano, deixando para trás a brasileira Gisele Bündchen e a norte-americana Cindy Crawford, segunda e terceira, respectivamente.

Divulgação


Moss é símbolo de beleza e conflito, tudo ao mesmo tempo. Já levou para a cama dezenas de famosos, como os atores Johnny Depp e Leonardo Di Caprio e os roqueiros Lenny Kravitz e Peter Doherty, este último atingindo o status de marido e parceiro de promiscuidades carnais e químicas. Já o quase medíocre ator Mark Wahlberg, que atuou numa versão moderna de O Planeta dos Macacos, não foi para a cama com Moss, mas ganhou fama depois que apareceu ao lado dela de cueca, num comercial da Calvin Klein, em 1992.

Kate Moss matou a saudade dos fãs de antanho ao reaparecer na mídia por causa do episódio judicial envolvendo Johnny Depp e a também modelo e atriz Ambar Heard. Sua voz se levantou em defesa do ex-parceiro de amor e sexo. 

Afeita a escândalos, ela foi manchete mundial em 2005 após o jornal inglês “Daily Mirror” afirmar ter flagrado a então balzaquiana cheirando cocaína num estúdio de Londres. Kate reconheceu como verdadeira a notícia e torceu o nariz ao fato. E foi filmar a campanha do 60° aniversário da H. Stern.

As orgias da moça não se restringiram somente às drogas, uma especialidade do quase marido e ex-líder da banda The Libertines, como o próprio nome diz. Dizem que ela é curte experiências sexuais com amigas, mas tudo motivado por umas carreirinhas a mais. 

Quando o ator Jude Law casou com Sadie Frost, descobriu que a jovem esposa frequentava os lençóis da modelo, formando um trio com a atriz Davinia Taylor. O rapaz só conteve o ciúme quando Moss o convidou para contracenar com o grupo, como já fizera o ator Jackson Scott, namorado de Davinia. 

Kate Moss sempre foi uma máquina de fabricar dinheiro e recall publicitário, mesmo tendo abandonado as passarelas. A idade não impediu que ela roubasse de Gisele Bündchen o lugar de estrela da marca italiana Missoni. 

Sua gravidez não serviu para mudar comportamentos, como fez Leila Diniz e o pioneiro biquini, mas lhe rendeu uma fortuna quando o pintor Lucian Freud a reproduziu nua. Um leilão na Christie´s faturou US$ 7,29 milhões.

Não se sabe a fórmula que Moss usa para se manter linda depois das farras e do consumo de drogas. A produtora de moda Rebecca White contou no “News of the World” que o apetite sexual da modelo é estimulado realmente pela cocaína. 

Disse que durante um jantar beneficente, em Barcelona, quando se arrecadava dinheiro para a Fundação Nelson Mandela, Kate e Naomi Campbell começaram a cafungar coca na frente do líder africano. “No dia seguinte, estava belíssima e ainda experimentou ecstasy com a amiga”, concluiu.

Bela, rica e famosa, a modelo britânica consegue ser manchete de jornais e ainda ajuda na audiência da mídia com suas loucuras e deslizes morais que beiram a condição de crime. Assim como Kate Moss vivem badalados artistas, grandes empresários, ricos jogadores de futebol e eloqüentes políticos. O consumo de drogas tem duas vertentes na hipócrita sociedade: os que usam para virar notícia e os que usam para virar caso de Polícia e mau exemplo. Lá na Europa, nos EUA e aqui no Brasil. Ajuda também um Zé Mané a mendigar esmolas em repartições públicas.

Fome 
O rico Reino Unido fez ontem um alerta para uma grande onda de fome em escala mundial maciça se o bloqueio aos cereais ucranianos feito pela Rússia não for resolvido em questão de dias. A crise dos combustíveis já é planetária.

Energia 
O governo da Alemanha se pronunciou com força de um alarme, pedindo à população para economizar urgentemente energia. É mais do que provável uma crise generalizada com apagões e os seus consequentes transtornos.

Ativismo 
Ficou mais do que visível que o clima eleitoral no Brasil contaminou de vez diversos agentes do Judiciário e do Ministério Público, que antes disso já se demonstravam alinhados com as pautas do PT e de parte da própria esquerda.

Intriga 
Ainda longe, o processo eleitoral na sucessão de Amaro Sales, na Federação das Indústrias, já entrou na mira do “marketing xeleleu” especializado na queimação de lideranças internas. E só há 2 pré-candidatos da atual gestão.

Execução 
Não houve “aborto do feto” no caso da menina de 11 anos engravidada por um menino de 13 anos em Santa Catarina. Com aval da justiça e da medicina, arrancaram de uma barriga de 6 meses um bebê devidamente formado.

Slogans 
Com as chuteiras da publicidade penduradas desde 2001, ainda arrisco um pitaco ao ex-prefeito e meu amigo Carlos Eduardo. Ao usar agora o conceito de 2018, “testado e aprovado”, ratifica a derrota para a então rival Fátima Bezerra.

Jingles 
Um dos mais experientes e equipados estúdios de música do RN, o Estúdio Jota Marciano já afiou as ferramentas eletrônicas e selecionou uma equipe de técnicos, músicos, cantores e compositores para criação de jingles políticos.

Os Dez 
De Tertuliano Pinheiro: “Carlos Alberto, Nilton Santos, Zizinho, Gerson, Rivellino, Ronaldo, Ronaldinho, Garrincha, Romário, Zico”. De André Gomes: “Pelé, Zico, Garrincha, Romário, Dida, Tostão, Didi, Gerson, Ronaldinho, Neymar”.  

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte