ABC anuncia atacante Moisés, mas torcedores picham muros do Frasqueirão

Publicação: 2019-05-22 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A insatisfação dos torcedores do ABC não foi aplacada com a troca de treinador. Nesta terça-feira (21) os muros do Frasqueirão amanheceram pichados com frases de protesto dizendo que “a paz acabou” e pedindo a saída do executivo de futebol do clube, Giscard Salton. Se dizendo triste, porém jamais abatido, Salton ressaltou que a manifestação faz parte do processo democrático e aproveitou a oportunidade para anunciar a contratação do atacante Moisés.

Críticas à diretoria
As pichações foram apagas por funcionários do Alvinegro ontem

O dirigente informou que o jogador que estava no Vila Nova-GO será apresentado hoje ao treinador Sérgio Soares, logo depois vai ser dado início ao processo de regularização do atleta. Mas segundo Giscard Salton, a busca por reforços ainda não acabou.

“Estamos vendo algumas situações e a negociação bem adiantada com mais três peças. Falta definir, no caso chegar a um denominador comum em relação aos salários. Estamos tentando tirar ou reduzir algumas exigências para comportar os custos financeiros à receita que o ABC dispõe. Possivelmente durante a semana deveremos ter mais novidades nessa questão”, afirmou o executivo de futebol.

Com relação aos protestos dos torcedores, ele não minimizou, mas também preferiu não entrar em rota de colisão com a torcida.

“Futebol é resultado, o torcedor só está satisfeito quando o time dele está ganhando. Eu entendo, eles estão no direito deles, não nego que esse tipo de situação não me deixa triste, porém não irei me abater com isso. Vou continuar meu trabalho e quando a diretoria não estiver mais satisfeita com o mesmo, me manda embora. Fatos desse tipo me dá o desejo de trabalhar ainda mais para dar ao torcedor abecedista motivo de alegria, não o de protestar contra a instituição”, destacou Giscard Salton.

As pichações também foram dirigidas a diretoria, cobrando do presidente Fernando Suassuna as promessas realizadas durante o período de negociação para aclamação da atual chapa diretiva.

Elas indagavam questões como: “Cadê o novo ABC?”, Diretoria omissa, mais terror, menos amor”, “Fora Salton! Acabou a paz!”. Além dos muros o portão da gerência do estádio Frasqueirão também foi pichado.

Com duas derrotas consecutivas, o time alvinegro saiu pela primeira vez do G-4 do grupo A e necessita de uma reação contra o Santa Cruz, no estádio do Arruda, no próximo sábado para não perder contato com a parte de cima da tabela.

A equipe pernambucana vai entrar em campo em crise e pressionada a conquistar um resultado positivo, uma vez que possui três pontos, um a menos que os potiguares, e ocupam a lanterna do grupo A.

O treinador Sérgio Soares vem usando os trabalhos iniciados na segunda-feira, em busca de dar uma unidade maior a equipe, que segundo ele, apesar da derrota, mostrou uma boa variação ofensiva diante do Botafogo-PB e terá de atuar de forma semelhante diante do Tricolor do Arruda.








continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários