Momento de debater o Turismo

Publicação: 2020-11-21 00:00:00
Antonio Roberto Rocha 
antonioroberto@tribunadonorte.com.br

Serão realizados nas próximas quinta e sexta-feira (26 e 27), no Centro de Convenções de Natal, das 14h às 20h, os dois principais eventos do Turismo potiguar: 6ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur) e 11º Fórum de Turismo do RN. Ambos tiveram autorização do Comitê Científico do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e seguirão rígidas normas de biossegurança, com amplo distanciamento entre os estandes e corredores de até nove metros. A entrada é gratuita e o público-alvo, além dos que atuam direta ou indiretamente no setor de Turismo, abrange empresários e profissionais do segmento, além de universitários e amantes de viagens e da cultura potiguar, em geral. Como costumam falar seus organizadores, "é um evento raiz". Ou seja: com a cara e o jeito do Rio Grande do Norte. 

Interiorização - As palestras do Fórum irão ressaltar, sobretudo, o momento ideal para viajar pelo Rio Grande do Norte, que reúne destinos de natureza tanto no litoral como na serra. Alguns expositores levarão para a Femptur promoções de pacotes de viagem pelo RN em dezembro. 

Audiência - Duas palestras que deverão ter pico de audiência no Fórum de Turismo do RN: "Lugares de charme: a arte de transformar vidas e negócios no interior potiguar", por Cris Ribeiro; e "Hospitalidade: a chave para o sucesso?!", com Juliana Vieira. A previsão é fruto da aceitação e engajamento verificados nas redes sociais. 

Encerramento - Vaniza Schuler, consultora de Turismo especializada em Relações e Negócios Internacionais, com escritório em São Paulo e área de atuação nacional, fará a palestra de encerramento do Fórum de Turismo do RN, a convite da Secretaria de Turismo do RN.   

Apresentações - Haverá três momentos no palco do Fórum de Turismo do RN exclusivos para projetos recentes do turismo potiguar: Roteiro Histórico e Sagrado de Natal (secretário de Turismo de Natal, Joham Xavier), Turismo Cidadão (Rafael Varela, vice-presidente da Emprotur) e Selo Mais Protegido (Solange Portela, subsecretária. Serão boas oportunidades para a atualização da cadeia produtiva do turismo potiguar, porém as apresentações atenderão tanto a profissionais do setor como à própria população em geral.

Green Destinations - Marcelo Milito, coordenador regional do DEL Turismo, vai mostrar no Fórum de Turismo do RN os caminhos percorridos por São Miguel do Gostoso, Tibau do Sul/Pipa e Parnamirim rumo ao selo Green Destination. 

Campanha - A Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) lançará uma campanha de valorização do artesanato potiguar durante o Fórum e a Femptur. A ideia é que as peças produzidas pelos artesãos potiguares sejam ainda mais valorizadas nas decorações de meios de hospedagem e restaurantes do Rio Grande do Norte. Além de palestra com Adelle Nogueira, MBA em Marketing Estratégico e sócia da Infinita Imagem e Consultoria, haverá um workshop exclusivo para artesãos a cargo de Daniela Tinoco, analista técnica do Sebrae-RN e especialista em Consultoria Empresarial e Gestão Comercial.

Exposição fotográfica - Os fotógrafos Canindè Soares e Flávio Rezende farão uma exposição de fotos de atrativos do Turismo do RN. A mostra reunirá quadros com material recentemente produzido;

Espaço gastronômico - Paçoca de Pilão, Creperia 84 e Schrimp Bull serão os âncoras da área gastronômica da Femptur.

Pioneira - A Femptur será a primeira feira de turismo presencial realizada no Nordeste neste ano. Tal fato vem obtendo repercussão positiva em mídia nacional. Será também o primeiro evento do gênero no pavilhão Nísia Floresta neste ano.

Apoio - Fórum e Femptur têm o apoio do Governo do Estado do Rio Grande Norte, através da Secretaria de Turismo do RN, da Emprotur e da Secretaria de Trabalho, Habitação e Ação Social; Prefeitura de Natal, através da Secretaria de Turismo de Natal; Fecomércio, através do Senac; Sebrae, Banco do Nordeste, DataShow Brasil, Serhs Natal Grand Hotel e ABIH-RN. A realização é da Argus Eventos.






Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.