Moro quer verba da loteria para segurança

Publicação: 2018-11-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Brasília (AE) - O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta quarta-feira, 7, a aprovação no Congresso da medida provisória que prevê a destinação de recursos de loterias federais para a Segurança Pública.

O juiz federal esteve reunido por cerca de 3 horas, em Brasília, com o atual ministro da Segurança, Raul Jungmann. Foram debatidos orçamento, reestruturação financeira do setor e combate ao crime organizado. Moro destacou que, "sem recursos, não é possível desenvolver projetos".

"É muito importante que (a MP) seja aprovada. Acredito que o Congresso tenha a sensibilidade de aprovar essa medida provisória e consolidar essa posição para que nós possamos seguir assim adiante", disse Moro, em breve pronunciamento após a reunião. Editada pelo governo federal no primeiro semestre, a medida provisória está em tramitação no Congresso e, segundo fontes no Ministério da Segurança Pública, foi acertado ontem que seria colocada em votação.

Segundo esse acordo, do dinheiro que vem de todas as loterias, a Segurança ficaria com 13%, em vez dos 15% que estavam previstos inicialmente. Os 2% abatidos iriam para a área de esporte, após pressão de parlamentares ligados ao setor. O acordo teria sido fechado após conversa entre técnicos do governo, da Caixa Econômica e parlamentares.

A projeção na pasta é de que, graças à MP, sejam destinados em 2018 ao Ministério da Segurança Pública R$ 800 milhões - incluindo os 15% das loterias. Em relação aos próximos anos, as estimativas são de arrecadação de R$ 1,7 bilhão em 2019, R$ 2,4 bilhões em 2020, R$ 3,2 bilhões em 2021 e R$ 4,3 bilhões em 2022.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários