Brasil
Morre a atriz Theresa Amayo, aos 88 anos, vítima de câncer
Publicado: 16:42:00 - 24/01/2022 Atualizado: 16:54:03 - 24/01/2022
Em sua casa em Laranjeiras, na zona Sul do Rio de Janeiro, a atriz Theresa Amayo morreu na madrugada desta segunda-feira (24). Aos 88 anos, ela lutava contra um câncer de rim desde o ano passado. A atriz participou de gravações para a novela “Um lugar ao Sol”, da TV Globo, mas logo precisou se afastar para cuidar da saúde.

Divulgação


Theresa tinha mais de 70 anos de carreira, sendo considerada um dos primeiros destaques da teledramaturgia brasileira. A atriz deixa dois filhos e uma neta.

Carreira

Nascida em Belém, a paraense começou no teatro, em 1950, e ganhou destaque vinte anos depois, ao pegar um dos papéis centrais da novela ‘E nós, aonde vamos?’, da TV Tupi.

Uma das primeiras contratadas da TV Globo, Theresa participou do elenco em "O rei dos ciganos" (1966), "A rainha louca" (1967), "Sangue e areia" (1968), "Passos dos ventos" (1968), "A última valsa" (1969) e "Pecado capital” (1975), de Janete Clair. A atriz chegou a participar da primeira versão da novela "Roque Santeiro" (1975), como Mocinha, a noiva de Roque (Francisco Cuoco), mas a novela foi censurada pela ditadura militar.

A atriz de novela ainda passou pela SBT (chamada de TVS, na época), com “O Espantalho” (1977), de Janete Clair, e pela TV Manchete, onde trabalhou em “Carmen” (1988). No cinema, Theresa Amayo participou de “Fuzileiro do amor” (1956), com Amácio Mazzaropi.

Minisséries e programas humorísticos também compõem seu currículo. A paraense participou de “Zorra Total” e do longa “S.O.S Mulheres ao Mar” (2014). 

Entre seus trabalhos mais recentes, alguns destaques são o espetáculo “A garota do biquíni vermelho” (2011), e os filmes “Sorria, você está sendo filmado” (2015) e “Sai de baixo - O filme” (2019).

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte