Morre em São Paulo o deputado estadual Agnelo Alves

Publicação: 2015-06-21 15:24:00 | Comentários: 6
A+ A-
Faleceu na tarde deste domingo (21), no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, o deputado estadual, ex-senador e ex-prefeito de Natal e Parnamirim, Agnelo Alves. Durante a madrugada ele teve uma queda acentuada de pressão e piora no quadro de infecção respiratória do qual vinha se tratando há duas semanas. As defesas baixas, devido ao tratamento de quimioterapia contra um câncer no esôfago, também contribuíram para dificultar a recuperação.
Alex RegisAgnelo Alves foi prefeito de Natal e Parnamirim, deputado estadual e senadorAgnelo Alves foi prefeito de Natal e Parnamirim, deputado estadual e senador

O deputado Agnelo Alves tinha 82 anos. Há cerca de três anos ele vinha sendo submetido a um tratamento para controle de um câncer no esôfago. Apesar de estar respondendo bem a esse tratamento, no início deste mês, após sentir problemas respiratórios, Agnelo Alves foi internado na Casa de Saúde São Lucas, em Natal. Os médicos detectaram um quadro de infecção pulmonar, respondendo bem a medicação com antibióticos. No último fim de semana, recomendaram à família  transferência do paciente para São Paulo, onde poderia fazer novos exames.

Na capital paulista, o deputado estava acompanhado pelos filhos José Luis e Agnelo Filho. A esposa, Celina Alves, ficou aos cuidados do terceiro filho do casal, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. Tio do ministro Henrique Eduardo e do senador Garibaldi Filho, Agnelo era o caçula dos Alves e, ao lado dos irmãos. Aluízio Alves e José Gobat, um dos fundadores da Tribuna do Norte.

O corpo do deputado deverá se transportado para Natal ainda hoje. A família ainda não tem detalhes sobre o velório e o sepultamento. Como Agnelo estava no exercício do segundo mandato de deputado estadual, o velório deverá conduzido em sessão solene pela Assembleia Legislativa.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • cassiusclayp

    Q o Senhor conceda o conforto necessário a família do homem cujo nome se eterniza na história do Rio Grande do Norte.

  • rogeriomellocorretor

    Meus sentimentos CHANCHA, TÁTA, DADÁ E FAMILIA

  • darydantas

    Nossas condolências à toda famia.

  • dirceares

    Além da perda do grande ser humano o estado perde uma grande inteligência. Um homem que lutou bravamente por seus ideais. Que Deus o receba em sua morada!!

  • sunsapinto

    Lamentamos a perda deste norteriograndense que dignificou _se pelas suas acoes, ao longo de sua trajetoria nesta morada terrena. Levo aos familiares nosso voto de pesar. Descanse em paz o "Neco" vou sentir falta das tuas cronicas.

  • laninha_2211

    Muito triste. ..