Cookie Consent
Natal
Homem com suspeita de infecção por cepa indiana do coronavírus morre no RN
Publicado: 11:49:00 - 02/06/2021 Atualizado: 14:25:46 - 02/06/2021
Um paciente suspeito de estar infectado pela cepa indiana do coronavírus morreu em Pau dos Ferros, no Alto Oeste potiguar. O óbito foi confirmado somente nesta quarta-feira (2), mas a Secretaria Estadual de Saúde informou que a morte ocorreu na segunda-feira (31). No momento da morte, ele estava em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 
Rayane Mainara
Paciente era um dos 386 internados em leitos de UTIs Covid no RN

Paciente era um dos 386 internados em leitos de UTIs Covid no RN

Através de nota, a Sesap informou que um paciente suspeito de estar infectado pela Cepa B.1.617, conhecida popularmente como Cepa indiana, teve a mostra enviada para análise. O paciente, que foi a óbito, é homem e tinha 29 anos. Ele tinha vindo de viagem recente do Maranhão e com RT-PCR confirmado para Covid-19, o paciente foi hospitalizado, e encontrava-se internado em isolamento em terapia intensiva, instável e com suporte ventilatório, recebendo a assistência necessária. Contudo, ele faleceu.
 
A amostra do paciente entrou nos critérios do Ministério da Saúde para a realização do sequenciamento genético que está sendo providenciado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do RN (LACEN-RN) e foi enviada para o Instituto Evandro Chagas no Pará. O resultado deverá sair em breve, segundo a Sesap.

A Sesap também monitora um comunicante de voo com caso confirmado para variante indiana. Durante a investigação, foi verificado que o paciente tem uma linha de celular com o código de área do Rio Grande do Norte, mas que se encontrava no Rio de Janeiro desde o desembarque do voo em que teve contato com o caso confirmado, sendo repassado o monitoramento para a vigilância do outro estado. 

A secretaria informou ainda que "continua seguindo as orientações do Ministério da Saúde" e que, neste momento, monitora duas pessoas procedentes de voos internacionais, que devem ficar em isolamento domiciliar por 15 após o desembarque em solo brasileiro.

Atualizada às 14h25. 



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte