Mossoró Oil & Gas Expo terá edição 2020 digital

Publicação: 2020-09-22 00:00:00
O maior evento onshore do Brasil está confirmao para 2020, no formato digital. De 24 a 26 de novembro, o Mossoró Oil & Gas Expo – V Fórum Onshore Potiguar reunirá, por videoconferência, especialistas nacionais e internacionais em matéria de petróleo e gás produzidos em terra. Entre os temas, a maior transformação do setor nas últimas décadas no Brasil: substituição da Petrobras por empresas privadas em campos maduros.

No centro dessa mudança, está o Rio Grande do Norte. A Petrobras vendeu à iniciativa privada 46 concessões em terra e águas rasas no Estado, por R$ 2 bilhões e 123 milhões, entre dezembro de 2019 e julho deste ano. Na sequência dessa política, mês passado, anunciou a venda de todo o Polo Potiguar (26 concessões de produção no Estado) – a Refinaria Clara Camarão, três subpolos e infraestrutura de produção e escoamento.

Evento nacional
Nesse contexto de ebulição do segmento, o Mossoró Oil & Gas Expo – V Fórum Onshore Potiguar trará tendências e oportunidades para empresas do onshore. O evento é realizado pela Associação Redepetro RN e o Sebrae do Rio Grande do Norte. Além de palestras e painéis, receberá reunião do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (REATE 2020).

Denominada Mesa REATE, a reunião abordará temas estruturantes da cadeia de petróleo e gás natural terrestre. O objetivo é solucionar desafios no setor e melhorar ambiente para negócios do onshore nacional. Criado em agosto de 2019, o REATE é um programa do Governo Federal, que visa a reaquecer a produção de exploração de petróleo e gás em terra, após a Petrobras focar sua atividade na área do Pré-sal (águas profundas).

Digital
O formato remoto do Mossoró Oil & Gas Expo é tendência do mundo corporativo, em função da pandemia da covid-19, segundo o presidente da Redepetro RN, Gutemberg Dias. “Em 2019, o evento reuniu mais de 65 empresas do Brasil e do exterior, mais de 80 estandes e ótimas conferências. Este ano, adequamos à atual realidade e manteremos o nível das palestras e painéis, de forma digital, o que facilita a logística”, observa.

O evento, segundo ele, manterá ao máximo a estrutura do offline com estandes virtuais, rodada de negócio, Arena Petróleo e Gás, Arena Inovação e visita técnica virtual. “Tudo dentro de uma proposta segura, mas que seja possível manter a dinâmica dos negócios gerados na edição de 2019”, diz.













Leia também: