MP instaura inquérito para investigar Cidiz por suposta pirâmide financeira

Publicação: 2013-07-05 09:40:00 | Comentários: 6
A+ A-
O Ministério Público instaurou um inquérito civil para investigar as atividades da empresa de marketing multinível Cidiz Comércio Ltda., sob suspeita de se tratar de um esquema de pirâmide financeira. A informação foi publicada na edição desta sexta-feira (5) do Diário Oficial do Estado e assinada pelo promotor de Defesa do Consumidor, Alexandre Cunha Lima.

De acordo com o texto publicado, o promotor levou em consideração as semelhanças entre as atividades praticadas pela empresa e a Ympactus Comercial responsável pela Telexfree, que vem sendo investigada. O suposto produto comercializado pela Cidiz são calçados e vestuários.
Maria Emília TavaresProdutos da empresa são calçados e roupasProdutos da empresa são calçados e roupas

Na terça-feira (2), em uma reunião entre procuradores e promotores de Defesa do Consumidor, Investigação Criminal e Grupo Articulado de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), ficou decidido que a Cidiz seria investigada junto com a Telexfree, Bbom, NNEX, Priples e Multiclick. Todas as empresas foram selecionadas por terem atividades no estado, porém, somente a Cidiz foi incluída por meio de denúncia anônima.

Caso seja comprovada a pirâmide financeira, os responsáveis pelas empresas podem ser indiciados por crimes contra a economia popular, estelionato e formação de quadrilha, podendo se estender até a sonegação fiscal, caso não tenham ocorrido os repasses legais previstos em lei. “Caso comprovada a ilegalidade, as medidas adotadas deverão ser similar às adotadas no Acre, com o bloqueio de bens e entrada de novos integrantes, desconsideração da personalidade jurídica e a parte criminal”, explicou o promotor Alexandre Cunha Lima, em entrevista à TRIBUNA DO NORTE na terça-feira.




Deixe seu comentário!

Comentários

  • macedo219

    Meus caros, toda a população sofre do abandono dos serviços básicos, como: serviço hospitalar, escolar, segurança entre outros os quais nenhum governo se preparou para executar de forma profissional, informo aos menos desavisados que há tantos estádio (elefantes brancos) construídos que resolveram enfatizar as empresas escolheram a venda direta para a captação de recursos financeiros o que diverge dos atuais modelos do mercado que abrem ao capital e quebram sem deixar rastros, exemplos Mesbla, Sendas, Empresas do ex milionário Ei..( sem nomes) e etc. Estes podem realmente enganar seus investidores, pois talvez tenham muitas influências, mas as empresas de marketing multinível não podem existir num país coronelizado por banqueiros e multinacionais. Para encerrar informo que os EUA, Europa, Japão, Canadá têm a sua Renda Percapta enriquecido por este mercado maravilhoso que é a venda direta. Eu visto Cidiz e você vai ficar de fora?

  • mguerra

    Mais uma que aparece nesse esquema de piramides que tomou conta do Brasil! Essa CIDIZ é um esquema de piramide SIM, com pequenas diferenças para as outras piramides da telexfree, bbom, multiclick e por aí vai... Já passou da hora do MP do Poder Judiciário da POLICIA mesmo tomarem uma povidencia real contra essa cambada de aproveitadores! Tenho pena de quem entra numa dessas...

  • edgeisiane

    olá sou a favor de investigaçoes sobre coisas ilicitas ,porem até então não provarão nada contra principalmente a empresa telex free , pouco tempo que conheço ela cumpriu com todos seus compromissos pagando corretamente suas propostas ,até então pagando os impostos em dia , minha dúvida é porque juizes ,desembargadores e outras autoridades não investiga as redes bancarias que cobram juros absurdos de emprestimos cartões de creditos; usam o próprio dinheiro dos associados para fazer suas movimentaçoes principalmente para emprestar dinheiros com juros absurdos ; mas fazer o que né não somos autoridades somos vitimas . minha indignação e q a justiça bloqueou os bens da empresa atrapalhando os divulgadores sacar seus saldos prejudicando muitas pessoas com contas para pagar isso é uma vergonha existe outros meios de trabalhar com uma investigação sem prejudicar tantas pessoas inocentes , essa e a minha indignação com tantas autoridades preparadas para isso ; isso é BRASIL .......

  • wreolon

    Cidiz, empresa séria... sairá tranquila da investigacao!!

  • ezequiel.estevao22

    por que o MP não investiga também a AVON, Herbalifi, natura, jequiti e outras empresas de marketing multinível? essas empresas operam da mesma forma que a bbom, telexfree, cidiz e outras! isso é uma vergonha, só porque essas empresas estão cresceno muito no cenário nacional, deixando de lado essas outras mais tradicionais.

  • luger

    Antes tarde do que nunca! Eu quero ver agora esta cambada ter que trabalhar honestamento como todo brasileiro e como jargão popular : " quem se ri por último ri mió "