MP irá investigar fuga dos presos de Alcaçuz

Publicação: 2012-01-22 12:24:00 | Comentários: 0
A+ A-
Leonardo Erys - repórter

O Ministério Público Estadual do Rio Grande do Norte (MP/RN) irá investigar a fuga dos apenados do presídio de Alcaçuz, ocorrida na madrugada de quinta-feira passada (19). A informação - repassada através de nota pelo MP/RN na sexta-feira - foi publicada na manhã de ontem no Diário Oficial do Estado (DOE).

A portaria diz que o MP/RN, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Nísia Floresta, resolveu instaurar um procedimento investigatório criminal, "com o objetivo de investigar as condições em que se deu a fuga dos referidos detentos e se houve omissão, negligência ou conivência dos agentes penitenciários e policiais militares do Presídio de Alcaçuz".

A publicação no DOE também informa que o Ministério Público irá requisitar ao Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep), a realização de perícias no pavilhão Rogério Coutinho Madruga, onde ocorreu a fuga dos bandidos.

Além disso, o MP/RN pede, em no máximo cinco dias, a cópia do livro de presença dos agentes penitenciários e da guarita do dia da fuga, assim como a escala de trabalho para o mês de janeiro no Presídio de Alcaçuz com o intuito de entender o nome dos que estariam de serviço naquela madrugada.

Outro ponto citado na publicação trata da conversa do que o MP  deverá ter com os presos recapturados - e que já se encontram no pavilhão - na próxima sexta-feira (27), dia da inspeção mensal do órgão no presídio.

Sejuc convoca agentes penitenciários

A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), através do novo secretário Fabio de Hollanda, convocou "todos os agentes penitenciários que estão afastados, cedidos ou à disposição de outros órgãos" para se apresentarem nesta segunda-feira (23) na Coordenadoria de Administração Penitenciária (COAPE). A informação foi publicada no DOE na manhã de ontem.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários