Mudança na Lei é apontada como a responsável

Publicação: 2019-08-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
De acordo com o ex-presidente do América, Jussier Santos, a alteração no Código Tributário do Municipal retirando a isenção concedida aos clubes esportivos, gerou esse processo de débito, com uma boa experiência na administração de um clube, o conselheiro americano chega a afirmar que nenhum clube tem capacidade para arcar com essa dívida.

“Clube nenhum possui capacidade de pagar esse débito. Se a Prefeitura decidir colocar o caso para frente e fechar todos os clubes de Natal, ela consegue. América, ABC, Camana, Clube do Exército, Aeronáutica, pode juntar tudo que tiver que não consegue quitar o débito. O IPTU que a Prefeitura de Natal cobra é impossível de se pagar. Antes, quando eu administrava o América, precisava apenas apresentar um requerimento ao Município solicitando a isenção da cobrança dessas taxas e dos impostos, a coisa deixou de ser assim para os clubes, mas continua da mesma forma para todas as igrejas: católica, evangélica, protestante, qualquer uma dessas têm isenção de IPTU. Nenhum clube pagou até hoje, não é porque não queira quitar, é porque não tem condições de pagar”, destacou.

Frente as necessidades, de acordo com o ex-presidente americano, a sede do América hoje, na Rodrigues Alves, está reduzida a um pequeno espaço, que é tombado. Mas agora com a finalização dos empreendimentos construídos no local, um comercial e outro residencial, a prefeitura terá condições de cobrar o imposto a quem de direito e de forma correta. “Eu confesso não saber o valor anual do IPTU americano, mas sei que não temos receita suficiente para pagar, na última conversa que tive com o presidente do conselho deliberativo, José Rocha classificou o imposto como impagável”, ressalta.

Com o impasse, Jussier Santos reconhece que algum político ou prefeito terá de buscar uma solução política para o caso. “A decisão é meramente política, é fácil a prefeitura apresentar um projeto a Câmara Municipal voltando a isentar os clubes que tenham utilidade pública de ser cobrado pelo IPTU. Fora disso, ela vai tomar todos os clubes e todas as sedes dos mesmos”, questionou.

De acordo com Jussier Santos a proposta não se trata de nenhuma falcatrua ou imoralidade para beneficiar os clubes devedores de impostos, no caso do América, se trata de uma entidade de 104 anos. O ex-presidente disse ainda que já se tentou de todas as formas a realização de negociações, mas a cada vez que isso ocorre, fica claro que parece que todos têm medo de tomar uma decisão.









continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários