Mundo chega 1,5 milhão de mortes por covid

Publicação: 2020-12-04 00:00:00
O mundo ultrapassou ontem a marca de mais de 1 5 milhão de mortes pelo novo coronavírus oficialmente registradas desde o início da pandemia, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins e da agência France Presse. Já são cerca de 65 milhões de casos no mundo.

 No total, 1.500.038 mortes foram registradas no mundo desde o início da pandemia na China, em dezembro. A América Latina - e Caribe - é a região mais afetada, com 452.263 mortes, à frente da Europa (430.060 mortes) e dos Estados Unidos e Canadá (286.946). 

Desde 24 de novembro, mais de 10 mil mortes por dia foram registradas em média, um nível desconhecido até agora. 

Mais da metade dessas mortes nos últimos sete dias ocorreram na Europa (36.446), que está no meio da segunda onda da pandemia. Itália (5.017 mortes), Polônia (3.220), França (3.198) e Reino Unido (3.166) são os países mais afetados durante esse período. 

No mundo, os Estados Unidos são o país com mais mortes desde o início da pandemia (274.577), seguido pelo Brasil (174.515) e pela Índia (138.648). 

Entre os países mais afetados, a Bélgica tem a pior taxa de mortalidade (146 óbitos por 100 mil habitantes), seguida do Peru (109), Espanha (98), Itália (96) e Macedônia do Norte (89).