Na mensagem anual, Rosalba diz enfrentar dificuldades

Publicação: 2018-03-01 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP) anunciou o novo piso salarial dos professores da rede municipal de ensino, durante a leitura de sua mensagem anual na Câmara de vereadores. O projeto chegou ontem àquela Casa, aplicando-se o mesmo índice do governo federal e indica que o professor de nível superior em início de carreira terá um salário de R$ 3.411,61, enquanto o docente em final de carreira deverá ganhar mais de R$ 10 mil.

Rosalba Ciarlini apresenta a mensagem à Câmara Municipal
Rosalba Ciarlini apresenta a mensagem à Câmara Municipal

Como anunciou na primeira mensagem anual lida em 2017 na Câmara Municipal, a prefeita Rosalba Ciarlini disse que passado o primeiro ano de gestão, “ainda não podia deixar de reportar as imensas dificuldades que atravessamos, que estão no contexto do país; os problemas recebidos da Administração anterior tornaram-se problemas da cidade, que estamos enfrentando”.

Rosalba Ciarlini votou a lembrar “o o caos que tomou conta de Mossoró. Encontramos servidores com salários atrasados, direitos desrespeitados”, e mesmo assim conseguiu anunciar um calendário de pagamento dos servidores públicos, que “hoje podemos dizer que, diferente de muitos municípios brasileiros, o funcionalismo público municipal de Mossoró está com os salários rigorosamente em dia, tanto para os ativos quanto para os aposentados e pensionistas, que recebem no mesmo dia”.

Segundo a prefeita, “esse gesto elementar, essa obrigação primeira, contribuiu para resgatar a autoestima dos servidores e realizar o muito que conseguimos. Hoje mesmo já depositamos os salários de fevereiro, porque folha em dia é servidor valorizado e economia aquecida”.

Outra questão levantada por Rosalba Ciarlini foi o atraso de pagamento às empresas terceirizadas, que variou de sete a dez meses: “Os empregados dessas empresas, que prestam serviço ao Município, estavam sem receber salários, férias e demais direitos; alguns com o décimo-terceiro atrasado desde 2015”.

A prefeita disse, ainda, que a sua administração “vem trabalhando incansavelmente para colocar tudo em dia. Ainda não conseguimos quitar tudo. Mas, já pagamos mais de 17 faturas no ano de 2017, o que representou R$ 50 milhões de pagamento de faturas”. Ela disse, também, que neste primeiro ano de gestão, injetou-se mais de R$ 350 milhões na economia de Mossoró só com pagamento de servidores e terceirizados: “Tudo está no Portal da Transparência”.

Dentre as ações desenvolvidas em diversas áreas, a prefeita  Rosalba Ciarlini, que não fez nenhuma alusão à política na mensagem anual, destacou principalmente as ações feitas na saúde, com a meta de atender de 400 pacientes/mês, que ainda não totalmente alcançada, “mas avançamos nos casos que estavam esperando há mais tempo numa fila angustiante”.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários