"Não há economia sem vidas", afirma secretário de desenvolvimento econômico

Publicação: 2020-06-02 12:24:00
A+ A-
Durante a coletiva de imprensa diária da Secretaria do Estado de Saúde Pública, o secretário de desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte, Jaime Calado, declarou que retomada da economia do Estado se dará apenas depois que o Estado ultrapassar a pior fase da pandemia. "O Governo já recebeu sugestões do setor produtivo e do comitê científico de como fazer a flexibilização. O problema é a hora de fazer isso, e essa hora vai depender do cidadão fazer sua parte", disse o secretário.
Créditos: Reprodução/FacebookJaime Calado pede cooperação da populaçãoJaime Calado pede cooperação da população

Durante a coletiva, Calado disse que o Governo está em debate com os setores empresariais e industriais para discutir planos de reabertura, mas que só devem vir em momentos posteriores, quando a curva de mortos e de contágio começar a reduzir.

"Com certeza o Rio Grande do Norte terá um plano para voltar a crescer e recuperar a economia. Nesse momento, o objetivo é salvar vidas. Não há economia sem vidas", disse o secretário durante a coletiva.

Ele afirma que o setor de desenvolvimento econômico pretende continuar seguindo as recomendações das autoridades sanitárias. "Vemos a necessidade cada vez maior de ter disciplina. Os povos que venceram mais rápido, com menos perdas, foram os que demonstraram mais disciplina: Alemanha, Japão, a própria China".

O secretário afirma que a morte de mais de 300 potiguares deve servir como sinal de alerta e comoção. "O momento é de união. Ninguém vai sair sozinho dessa tragédia", disse Calado.





Deixe seu comentário!

Comentários