Não nos esqueçamos de 64

Publicação: 2017-02-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O mais preocupante nesta pesquisa da CNT/MDA não é a rejeição a Michel Temer, a permanência de Lula no topo da lista, nem a exclusão do centrão na preferência do eleitorado. O mais preocupante são aqueles 11% de eleitores que julgam Bolsonaro como uma alternativa para o país. O problema é o discurso de Bolsonaro e seus seguidores, majoritariamente jovens. Uma mistura de religiosidade fundamentalista, desconhecimento da história recente do país e uma apologia ao ódio contra as minorais que lembra muito um certo partido alemão que promoveu o holocausto judeu.

Essas pessoas não reconhecem que a ditadura militar no Brasil promoveu a tortura e morte de seus desafetos. Não entendem ou não querem entender o país sofreu muito para implantar uma democracia que ainda engatinha e que sofre ataques cotidianamente. Eles vivem numa bolha em que o anticomunismo ainda é aquele dos anos 1960 e a guerra fria ainda existe.

Todos os projetos comunistas caíram com o muro de Berlim. Os poucos países que ainda insistem com essa ideologia vivem na miséria total ou na falta absoluta de liberdade. Aí essas pessoas dizem: Ah, mas o PT quis implantar o socialismo no Brasil. E eu respondo com a definição de socialismo: “È a doutrina política e econômica que prega a coletivização dos meios de produção e de distribuição, mediante a supressão da propriedade privada e das classes sociais”. Em que momento se tentou aplicar isso no Brasil, eu desconheço.

Ah, mas houve muita corrupção. Sim, houve sim. Porque o financiamento de campanhas políticas no Brasil é o troço mais perverso que o capitalismo democrático representativo brasileiro inventou. Somente uma mudança profunda neste sistema eleitoral pode mudar alguma coisa. Um juiz querendo prender toda a cúpula da classe política nacional não vai conseguir nada. E nem vai conseguir isso, pois já estão encontrando um meio de neutralizar a Lava Jato. O máximo que ele vai conseguir é inviabilizar a candidatura do cara que está no topo da pesquisa. Fim de papo.

Câncer
Cientistas britânicos entraram numa corrida, juntamente com instituições brasileiras, para encontrar as causas que provocam o câncer e prevenir a doença. Cada equipe receberá 20 milhões de Libras e terão cinco anos para apresentar os resultados. Já se sabe que tabaco, álcool, HPV e exposição excessiva à luz solar, por exemplo, aumentam o risco de câncer: essas são algumas causas de câncer passíveis de prevenção já conhecidas. Esses agentes cancerígenos danificam o DNA das células, levando a mutações que seguem padrões distintos de acordo com cada agente. Ou seja, a célula do câncer que é associado à exposição solar tem um perfil mutacional diferente da célula do câncer associado ao tabaco.

Clima  Segundo informações da France Press, quase metade dos mamíferos ameaçados de extinção e um quarto das aves já estão sendo afetados pelas mudanças climáticas - um número muito maior do que se pensava anteriormente, descobriram pesquisadores. Os primatas e elefantes em risco de extinção estão entre os grupos mais afetados pelo aquecimento global, em parte porque se reproduzem lentamente e, portanto, levam mais tempo para se adaptar às rápidas mudanças ambientais, segundo um estudo publicado na revista científica Nature Climate Change.

Juros  O economista André Lara Resende, disse em um artigo no jornal Valor Econômico, que o uso de juros altos para combater a inflação pode ser um veneno para a economina, quando praticado por muito tempo. O texto causou um rebuliço nos meios econômicos e provocou a divisão entre os que defendem a medida e os que temem as chamadas “aventuras heterodoxas”. Há muito tempo que o Brasil vem sofrendo com juros astronômicos. Chegou a hora de mudar?

Redes

A mesma pesquisa da CNT/MDA, que abre esta coluna, também detectou que 80% dos brasileiros acreditam nas informações que veem ou leem nas redes sociais. Destes, 78,5% acreditam apenas algumas vezes e 1,5% acreditam totalmente, em comparação a 17,9% que dizem não acreditar. Outros 2,1% não sabem ou não responderam. Vou contar uma história aqui: milhares de pessoas compartilharam uma foto de um grupo de alunos olhando para seus celulares em um museu ao lado de uma tela famosa de Rembrant. Isso serviu de um exemplo moralista, do tipo, “olha como essa geração é ignorante”. Pois bem, o fotógrafo que fez a foto, divulgou esta semana a sequência da foto e os jovens aparecem olhando para outra tela do mesmo museu. Eles estavam fazendo um trabalho escolar e precisaram usar seus celulares em busca de informação sobre as telas.

Filtro  Eu não acredito nunca numa informação se não puder checar imediatamente em vários outros sites de notícias. Uma prática comum de algumas pessoas da extrema direita e da extrema esquerda é divulgar mentiras para detratar seus adversários. É preciso ficar atento a isso para não fazer parte da manada. Nem tudo que você vê no Whatsapp, no Facebook ou Twitter é verdade.

Bancos  Segundo informações do site Meio & Mensagem, os bancos que não possuem mais agências têm tudo para crescer no mercado. O índice de rejeição é de apenas 17%, e os serviços bancários pela internet já são utilizados por mais de 70% dos clientes, enquanto que 45% dos clientes de bancos tradicionais gostariam de mudar para instituições digitais.  





 

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários