Número de homicídios cai 13%, mas violência contra policiais aumenta

Publicação: 2018-05-09 11:46:00 | Comentários: 0
A+ A-
A violência contra agentes da segurança pública teve um crescimento de 18,2% no primeiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado. A informação é do Observatório da Violência (Obvio) no Rio Grande do Norte e contraria os dados gerais sobre homicídios, que apresenta uma redução de 13,8% no comparativo com os três primeiros meses de 2017.

Até está quarta-feira (9), a violência vitimou 13 policiais militares em todo estado, sendo quatro aposentados e nove ativos. No ano passado, até esta data, haviam morrido 11 servidores da segurança pública, sendo seis PMs da ativa, três aposentados, um agente penitenciário federal e um guarda municipal.

Violência contra agentes da segurança pública é crescente

O relatório mostra ainda que a violência contra agentes da segurança cresce desde 2015, quando o Obvio começou a desenvolver as pesquisas. No primeiro trimestre daquele ano, foram registrados três crimes que resultaram na morte de policiais. No ano seguinte, o número dobrou.

No que diz respeitos aos dados gerais sobre crimes contra a vida, o Observatório registrou 754 crimes dentre homicídios, latrocínios, feminicídios e outras condutas violentas que resultem na morte da vítima. No ano passado, neste mesmo período, o número era de 875 mortes violentas em todo estado.

Número de homicídios apresenta uma redução de 13% em 2018

Casos
Lista dos PMs mortos em 2018
07/01 - Cabo Carlos Alberto Araújo da Costa: morto a tiros nas Rocas, Zona Leste de Natal;
15/01 - Sargento André Mário Dantas Siqueira: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante;
26/01 - Sargento José Ailton de Lira: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante.
29/01 - Sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros: morto a tiros no município de Extremoz;
29/01 - Cabo Darlan Santana Carvalho: morto no bairro do Planalto, Zona Leste de Natal;
28/02 - Cabo William Soares: morto em troca de tiros com criminosos; bairro do Pajuçara, Zona Norte de Natal;
23/03 - Luiz Valdécio Faustino: foi perseguido e morto a tiros em Mossoró.
26/03 - Soldado Caroline Pletsch: baleada em tentativa de assalto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O marido também PM sobreviveu ao ataque; Zona Norte de Natal.
04/04 - Dioclécio Ferreira da Lima Júnior: morto a tiros em um banco na Zona Sul de Natal;
08/04 - Helton Cabral da Silva: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante;
21/04 - José Edivaldo do Nascimento: morto a tiros em tentativa de assalto; bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal;
04/04 - Raimundo Ribeiro da Silva: morto dentro de casa, em Ceará-Mirim, região da Grande Natal.
08/05 - Waldembergue Cruz de Lima: morto em um salão de beleza; bairro de Nova Natal, Zona Norte de Natal.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários