Natal ganha centro internacional para educação complementar

Publicação: 2013-11-23 00:00:00
A+ A-
A cidade de Natal se torna uma das pioneiras no Nordeste na implantação de um novo modelo de centros de educação complementar, que atuam como atividades extracurriculares para o ensino infantil. Foi inaugurado na cidade o GrowUp – Centro de Desenvolvimento Infantil. O espaço tem uma proposta  de educação bilíngue estimulando a criança através de aulas criativas como culinária, música,movimento, artes manuais ,experimentação científica, oficina literária e recreação. “A proposta é de atuar no desenvolvimento da criança de forma global”, destaca a psicopedagoga Luciana Rocha, que dirige o Grow up.
Luciana Rocha: Foi possível aplicar anos de estudo no desenvolvimento de um espaço totalmente voltado ao princípio de aprender brincando
O modelo do espaço de desenvolvimento implantado em Natal é semelhante ao que foi posto em centros dos Estados Unidos e da Europa. “O nosso objetivo é estimular a criança em uma fase de desenvolvimento que todas as janelas de oportunidade estão abertas para a formação de hábitos habilidades e competências ”, ressalta Luciana Rocha.

Ela explicou que o GrowUp atua como atividade auxiliar do trabalho desenvolvido pelos colégios regulares. O espaço começou a funcionar com a proposta de oferecer atividades complementares para a educação da criança. O centro recebe alunos a partir de 2 anos de idade até os 8 anos. A psicopedagoga explica que as atividades complementares a educação regular das escolas funcionam como um mecanismo de fomentar o conhecimento das crianças, indo além das atividades tradicionais.

Desenvolvido pela psicopedagoga Luciana Rocha e pelo empresário italiano Alberto Zorzi, o Grow up oferece atividades complementares ao trabalho feito pelas escolas regulares.

“Compreendendo que nessa  fase da infância a criança fortalece as conexões neurais, as quais permitem uma gama de novos aprendizados, buscamos atividades estimulantes para despertar esse potencial ”, destaca Luciana Rocha. Confira a entrevista que a psicopedagoga concedeu:

Como surgiu a ideia do GrowUp?

Com 15 anos  de experiência na área da psicologia  e educação , observei que as crianças bem estimuladas na fase de Educação Infantil constroem um percurso diferenciado nos demais anos escolares e até na vida adulta. Com a oportunidade de conhecer centros de desenvolvimento e pesquisa como o Loris Mallaguzzi na Itália e fechar a parceria com a Kindermusik nos EUA, foi possível aplicar anos de estudo no desenvolvimento de  um espaço totalmente voltado ao princípio de aprender brincando.

Quais são os resultados já alcançados neste primeiro ano?

Esse ano trabalhamos com os programas Kindermusik (música e movimento em inglês) e Kinderchef (culinária infantil). Nossa maior satisfação é ver o sorriso no rosto das crianças  percebendo a evolução no novo idioma, no ritmo, na discriminação auditiva, nas conquistas alcançadas na parte sensorial das crianças, na coordenação motora e na educação nutricional.Além disso, o retorno dos pais tem sido nosso maior feedback “Eu adoro o GrowUp, sou encantada com a criatividade que eles excitam o “aprender brincando”! As crianças amam , terminam a aula numa euforia absoluta!(Eveline Macena Leite-Mãe de Leonardo Leite, 3 anos). Depoimentos como esse tem nos demonstrado que é possível fazer educação de forma criativa e inovadora.

O Grow-up é concorrente de escolas regulares?

Nosso trabalho é de Educação Complementar, não havendo concorrência com escolas regulares.É um espaço que os pais tem buscado com intenção de otimizar o potencial da criança , estimular o aprendizado de um novo idioma, proporcionar atividades que provavelmente eles não teriam oportunidade de realizar no ambiente de casa, bem como proporcionar a socialização com outras crianças e ainda ter a certeza que estão em um ambiente seguro com uma proposta lúdica, mas educativa.