Negociação será consolidada após diagnóstico da transição

Publicação: 0000-00-00 00:00:00
A+ A-
O presidente estadual do PT, Eraldo Paiva, confirmou ontem que  houve um primeiro contato com governador eleito, Robinson Faria (PSD), sobre a perspectiva de formação do novo governo. Eraldo Paiva informou que tratou do assunto de modo preliminar, ainda sem  tratar de nomes. A reunião oficial será depois que a equipe de transição apresentar um diagnóstico sobre a situação do Estado.
Eraldo Paiva explica que discussões serão conduzidas pela Comissão Política do PT
“Foi apenas uma conversa preliminar, por telefone, na semana passada, mas ainda não discutimos o direcionamento e os espaços no novo governo. O governador, claro, fica à vontade”, disse.  Robinson Faria também informou em entrevista à TRIBUNA DO NORTE que início as conversas com os partidos aliados. “Comecei a dialogar com os partidos para que comecem a pensar nos nomes que irão ser indicados”, explicou.

O presidente do Partido dos Trabalhadores no RN destacou que a legenda está disposta a colaborar com quadros e na interlocução com o governo federal. “O PT tem quadros em diversas áreas, mas não tratamos sobre os setores que terão nossa participação. A Comissão Política vai debater isso no momento adequado”, informou.

No tocante à ocupação das secretarias no novo governo, a reportagem da TRIBUNA DO NORTE apurou que alguns nomes começam a ser sondados. Para o cargo de procurador-geral do Estado, está cotado o procurador Francisco Wilker. 

Outra informação que  circula é a de que haveria disputas internas no Partido dos Trabalhadores para a indicação do novo secretário estadual de Educação, cargo que na distribuição de espaços no novo governo caberia à legenda. Os grupos da senadora eleita Fátima Bezerra e do deputado estadual Fernando Mineiro postulam a vaga. Eraldo Paiva nega que exista essa divergência. Ele afirma que o PT estadual vai tratar do assunto de forma coesa. 

Também cogita-se a possibilidade de que alguns nomes que estão na transição do governo continuem na equipe de Robinson Faria, como titulares de secretarias. A advogada Tatiana Mendes estaria cotada para um cargo na área jurídica, como a consultoria-geral do Estado, ou em alguma função de coordenação, como a chefia do Gabinete Civil.

Também circulam informações segundo as quais o deputado federal eleito Betinho Segundo (PP) podeira ser o nomeado para o cargo de secretário de Agricultura, que foi ocupado pelo pai dele, Betinho Rosado, em um período do governo Rosalba.

A nomeação de Betinho Segundo seria uma forma de contemplar a senadora eleita Fátima Bezerra, uma vez que Adriano Gadelha, que ficou na suplência para a próxima legislatura, assumiria uma cadeira na Câmara dos Deputados. Atualmente, Adriano Gadelha é assessor de Fátima.

Cargos
No primeiro escalão são 18 cargos de secretário:
>> Comunicação Social,
>> Administração e dos Recursos Humanos,
>> Agricultura, da Pecuária e da Pesca,
>> Educação e da Cultura,
>> Infraestrutura,
>> Justiça e da Cidadania,
>> Saúde Pública,
>> Segurança Pública e da Defesa Social,
>> Tributação,
>> Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária,
>> Desenvolvimento Econômico,
>> Esporte e do Lazer,
>> Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos,
>> Planejamento e das Finanças,
>> Turismo,
>> Relações Institucionais,
>> Assuntos da Cultura,
>> Trabalho, da Habitação e da Assistência Social