Nenhum surpresa

Publicação: 2018-12-05 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

O Brasileiro da Série A chegou encerrou domingo passado sem nenhuma surpresa na ponta de baixo da tabela, onde Paraná e Vitória já estavam rebaixado e América Mineiro e Sport não foram capazes de reverter a tendência de queda. O título ficou com o melhor time da competição e ponto final. É a extrema justiça do sistema de pontos corridos.

Fracassaram
12 equipes fracassaram nas três principais divisões do futebol brasileiro. Na Série A, Sport, Vitória, América Mineiro e Paraná foram rebaixados. Paysandu, Sampaio Corrêa, Juventude e Boa cairam para a Série C. Juazeirense, Salgueiro, Tupi e Joinville estarão no buraco da Série D em 2019.
O momento do Ceará Com o acesso do Fortaleza e a manutenção do Ceará na Série A e o acesso do Ferroviário para a Série C, sem nenhuma dúvida que o futebol alencarino vai viver um momento importante a partir de janeiro de 2019, bem diferente por exemplo, da realidade do Rio Grande do Norte.

Conjunto da obra
Em conversa com a coluna, Eduardo Rocha que é presidente do América e da Liga do Nordeste avaliou a diferença entre o momento do Ceará e do Rio Grande do Norte: “ O Ceará vive um momento de grande desenvolvimento em diversas áreas da economia, o que por óbvio beneficia de forma direta o futebol. Aqui no RN se dá exatamente o contrário, e como o futebol não é uma ilha, sofre também essas consequencias, pois o cidadão subempregado ou desempregado não compra ingresso e nem se associa a clube de futebol. Ademais, em todos os estados do Nordeste, o Poder Público participa, investe verbas de propaganda e os clubes divulgam seus destinos ou fazem campanhas educativas. De outra banda, o nosso empresariado na sua quase totalidade não participa do futebol expondo suas marcas”.

Gol de placa
Ricardo Coutinho, Governador da Paraíba, renovou nesta semana o Programa Gol de Placa, que incentiva os clubes que disputam o Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro de qualquer Série.

Gol de Placa I
Para 2019 o Gol de Placa aumento de 3,9 milhões de reais para 4,1 milhões para os dez times do Paraibano. Botafogo deve receber algo em torno de 1,2 milhão, Campinense 646 mil, Treze 509 mil reais, Serrano 329 mil. Os demais clubes, 236 mil reais cada.

Gol contra
No Rio Grande do Norte faz tempo, muito tempo que existe o Gol Contra o futebol. A governadora eleita poderia copiar, isso mesmo, copiar o que é feito aqui na Paraíba, bem pertinho da gente, e que fique claro não é “doação” de dinheiro público para o futebol. É um programa de incentivo, legal sob todos os aspectos. Como existe no Pará, em Alagoas. O Rio Grande do Norte continua na contramão, o que é profundamente lamentável. Mande pelo menos copiar a Paraíba.

Presidente reeleito
Com 98% dos votos válidos, o atual presidente da Sadef, Tércio Tinoco, foi reeleito para mais um triênio no comando da entidade. A eleição aconteceu no último fim de semana, e tiveram direito a voto os profissionais da Sadef e os atletas maiores de 16 anos.

Túnel do tempo
Do meu blog 14/06/2015: O torcedor deve entender que a situação do América é extremamente grave do ponto de vista financeiro e as dispensas que vem acontecendo, podem aumentar até a retomada do Brasileiro. O time titular do América tem qualidade para enfrentar uma Série C , necessitando de ajustes pontuais, aqui e ali.

Túnel do tempo I
Sem dinheiro e sem perspectiva de um alívio nas finanças, o América está seguindo o caminho das prioridades. Ficar e pagar em dia quem está jogando e quem é imprescindível para o planejamento de subir nesta temporada, é cobertor curto e ponto final. Flávio Boaventura, Cléber, Zé Antônio Paulista e Tiago Potiguar são jogadores com mercado na Série B, e se receberem propostas concretas dificilmente vão deixar de aceitar, aumentando o problema do treinador Roberto Fernandes.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários