Netflix fará série em parceria com Kondzilla

Publicação: 2018-03-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Kondzilla, o mais famoso produtor musical responsável pelo maior canal de YouTube do Brasil, com mais de 29 milhões de inscritos, celebrou esta semana uma parceria com a Netflix: A realização da série “Sintonia”. Produzida por Losbragas (de Alice Braga, Rita Moraes e Felipe Braga) em sua segunda colaboração para a Netflix, a história criada e dirigida por  Kondzilla, o Konrad Dantas, trará sua visão independente para temas da juventude, questões sociais e ambições humanas fundamentais. A série tem previsão de estreia em 2019.

KondZilla é responsável pelo surgimento de estrelas da cena funk
KondZilla é responsável pelo surgimento de estrelas da cena funk

“É o projeto mais antigo da minha vida, eu sempre sonhei em criar e dirigir uma ficção. Espero que seja mais uma das minhas realizações a inspirar mais molecada de favela a persistir com seus sonhos também, nada é impossível. Favela venceu!”, diz Kondzilla, dono da produtora homônima.  "Sintonia é um projeto extremamente relevante, pois é focado em criar uma plataforma original para talentos das favelas do Brasil - como o Kondzilla - poderem contar suas próprias histórias, de seus próprios pontos de vista. Uma voz emergente que encontrou seu lugar fora da mídia tradicional, Kondzilla nos mostrou uma mensagem poderosa e força criativa, estabelecendo o que se tornou um dos maiores canais de música do Youtube no mundo. Estou honrada em ficar ao lado dele enquanto conta sua história - da periferia do Brasil para o mundo", comenta a produtora e atriz Alice Braga.

Narrada do ponto de vista  de três personagens diferentes, a história de “Sintonia” explora a interconexão da música, tráfico de drogas e religião em São Paulo. Doni, Nando e Rita cresceram juntos na mesma favela, onde foram influenciados pelo fascínio do funk, das drogas e da igreja. Cada um deles transforma suas experiências de infância em caminhos muito divergentes. Apesar de tentarem levar uma vida diferente de onde cresceram,  percebem que as únicas pessoas que podem salvá-los de si mesmos ... são eles próprios.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários