No ritmo de cada aluno

Publicação: 2017-08-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A metodologia de ensino conhecida como Kumon está completando 40 anos no Brasil. Criado no Japão em 1958, pelo professor Toru Kumon, o método utiliza os chamados exercícios-guia para que o aluno realize as atividades com o mínimo de intervenção do orientador. Somente após absorver totalmente a informação, avançam para os níveis subsequentes. "O aprendizado segue na simplicidade do papel e lápis. O que se escreve de próprio punho não se esquece, e é isso que faz com que o Kumon esteja em tantos países", diz Masami Furuta, presidente da empresa no Brasil. O método está presente em 50 países e reúne 4,35 milhões de estudantes. No Brasil são aproximadamente 1500 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul.

Fest Show do Contemporâneo
O Colégio Contemporâneo continua com os preparativos da próxima edição do Fest Show, um dos maiores espetáculos estudantis do segmento no país. O evento, que pretende envolver 500 alunos no palco do Teatro Riachuelo, dia 29, terá uma temática toda especial para a comunidade escolar. Como ocorre quase todos os anos, fui convidado e aceitei fazer parte da comissão julgadora do festival.

Programa Jovem Senador Encerra-se dia 18 de agosto o prazo para que as escolas encaminhem as redações selecionadas no Programa Jovem Senador deste ano letivo para a Secretaria Estadual de Educação. As três melhores redações serão enviadas a Brasília. O Jovem Senador é um projeto anual que incentiva a participação cidadão dos alunos de escolas públicas oferecendo uma experiência de vivência política no Parlamento.

Festa Sou Salesiano

A segunda edição da festa “Sou Salesiano” acontece hoje, sábado, dia 12, no Colégio Salesiano São José, na unidade da Ribeira. Segundo os promotores, a movimentação vai contar com 5 atrações musicais: Giullian Monte, Dubê, Maria Fumaça, Mesa 12 e DJ PL).  A festa, que reúne alunos de várias gerações da escola no Rio Grande do Norte, pretende arrecadar alimentos não perecíveis, que serão doados ao Centro Educacional Dom Bosco, no Gramoré. A instituição oferece atendimento às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social, e faz parte da Rede de Obras Sociais dos Salesianos de Dom Bosco.
 
Livro da professora Marly Amarilha
Dentro da programação da 3ª Jornada Internacional de Alfabetização, realizada no Centro de Convivência da UFRN, foi lançado o livro "Educação e Leitura: desafios e criatividade", que tem participação e organização da professora Marly Amarilha.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários