Economia
No RN, comércio prevê 8,5 mil contratações temporárias de fim de ano
Publicado: 15:53:00 - 30/09/2021 Atualizado: 15:57:25 - 30/09/2021
O segundo semestre será animador para o mercado de trabalho potiguar. A expectativa é que o RN tenha a criação de 8,5 mil empregos temporários para o final do ano, abastecendo o comércio que será movimentado com as vendas no Dia das Crianças, Black Friday e Natal. Entre os meses de setembro a dezembro, são previstas cerca de 10% a mais de contratações do que no ano passado, quando 7.764 pessoas foram empregadas no mesmo período, de acordo com dados do Caged, analisados pelo Instituto Fecomércio. 

Bruna Justa


No Comércio, foram -3.208 empregos entre janeiro e agosto do ano passado contra +5.744 no mesmo período deste ano, um saldo de +2.536 postos de trabalho. No setor de Serviços, nos oito primeiros meses de 2020 e 2021, foram -6.313 e +11.285, respectivamente, um saldo de +4.972. Sobre as vendas, especificamente no varejo, foi registrado um crescimento de 9,5% em julho. 

“Esses números confirmam a nossa expectativa positiva para o segundo semestre. Outro dado animador para a economia potiguar é a recuperação de empregos formais. Até agosto deste ano, segundo dados do Caged, o saldo no mercado de trabalho com carteira assinada do Rio Grande do Norte é de 23,9 mil, enquanto que nos primeiros oito meses de 2020 o saldo era negativo de 11,6 mil vagas”, afirmou o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.  



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte