Noite de sol

Publicação: 2020-08-08 00:00:00
A+ A-
Energia e música é combinação essencial para uma boa festa. E mesmo em tempos de pandemia, com as pistas de dança vazias, a fórmula continua funcionando para garantir baladas à distância. O DJ e produtor goiano Bhaskar Petrillo, irmão gêmeo do superstar Alok, criou o projeto de lives Follow The Sun para unir festeiros on-line em cenários paradisíacos. A 3ª edição do evento será realizada neste sábado, em território potiguar: o ‘chapadão’ da praia de Pipa será o cenário do set, que começará às 23h59, energizado pelos beats e pelo Sol.

Créditos: DivulgaçãoO DJ e produtor goiano Bhaskar Petrillo, irmão gêmeo do superstar Alok comanda o projeto de lives Follow The Sun que desembarca hoje, no Chapadão de PipaO DJ e produtor goiano Bhaskar Petrillo, irmão gêmeo do superstar Alok comanda o projeto de lives Follow The Sun que desembarca hoje, no Chapadão de Pipa


O projeto idealizado por Bhaskar tem o objetivo de combinar natureza, música e sustentabilidade. O DJ se apresentará cercado por uma estrutura de sistema fotovoltaico, que captou toda a energia do Sol usada para gerar o som e transmitir a live. As placas solares dispensam o uso de geradores à diesel, comuns nesse tipo de evento. A iniciativa festeira e ecologicamente correta é fruto de uma parceria com a CGR Energia. O set irá até o nascer do sol do domingo, revelando toda a beleza do chapadão.

A primeira edição do Follow The Sun foi realizada no dia 23 de maio, no Lago Paranoá, próximo à Ponte JK, em Brasília; e a segunda em junho, em Salto do Corumbá, em Goiás, numa cachoeira que emocionou todos ao amanhecer. Pipa provavelmente vai despertar o mesmo efeito. O projeto também ter caráter beneficente. Através de uma parceria com a ONG Fraternidade Sem Fronteiras, a live arrecada doações destinadas a projetos socioambientais. A ONG mapeia as comunidades e leva energia sustentável e água potável para o sertão do Brasil.

“Estou muito feliz com todo o desenvolvimento desse projeto e tudo que estamos conseguindo. Meu nome significa ‘sol’, portanto a sinergia de tudo isso é surreal. Ter a primeira live 100% sustentável do mundo é um grande marco pra mim”, declarou. Segundo o DJ, quando os eventos presenciais voltarem, a Follow The Sun será transformada em uma marca de festas intimistas para até 300 pessoas, que será também totalmente sustentável, com uma mini usina criada para abastecer o evento.

 Nascido na rave
O DJ não terá uma pista física diante dele, mas outra ainda maior conectada através da internet. Só a primeira edição da festa virtual teve mais de 73 mil visualizações e 5.400 espectadores. É uma pista e tanto. Bhaskar está acostumado a embalar grandes festas desde os 12 anos de idade, junto com o irmão Alok. Ambos são filhos de DJs, Ekanta e Swarup, os idealizadores do festival Universo Paralelo, uma grande rave itinerante que disseminou o trance psicodélico (psy) no Brasil.

Para os sets da Follow The Sun ele promete “uma curadoria de músicas agradáveis a qualquer ouvido”. Uma mistura de trance e electrohouse que é bastante popular nas pistas mais comerciais. Bhaskar tem 28 anos e é um jovem veterano da cena eletrônica. Aos 12 anos ele e o irmão se juntaram para tocar o projeto de trance ‘Lógica’. Em 2004, eles se apresentaram no seu primeiro Universo Paralelo.

Com 15 anos eles começaram a produzir suas próprias músicas, e aos 17 anos visitaram cerca de 19 países com uma turnê do projeto.

A primeira faixa da dupla Alok & Bhaskar foi lançada pela Holophonic Rec. A música “Fuego” é até hoje o maior sucesso da parceria entre os irmãos. A partir de 2016 Bhaskar assumiu oficialmente a sua carreira solo, com o lançamento do primeiro single, “Feeling so high”. A música foi selecionada como trilha de uma ação promocional do festival Tomorrowland Brasil pela Skol Beats.

‘Fuego’ nas pistas
Em outubro de 2016 ele anunciou que iria disponibilizar a faixa "Fuego" com Alok de forma gratuita no SoundCloud, portanto ela foi tocada depois em seu set de turnê na Europa, sendo lançada posteriormente pela Spinnin' Records. O goiano já soltou o som por festivais como Tomorrowland Brasil, Rabbit Eat Letuce (Austrália) e Half Moon (Tailândia), e o Lollapalooza, em São Paulo.

O nome Bhaskar significa “Deus do Sol”, uma sugestão do guru indiano Osho, líder do movimento religioso Rajneesh, que esteve em alta nos anos 70 e 80. Nascido e criado em meio às grandes festas open air em lugares paradisíacos, o DJ sempre esteve conectado com o meio ambiente.

O projeto “Follow The Sun” estreou em decorrência da pandemia e do distanciamento social, com a ideia de Bhaskar continuar conectado com os fãs através de uma série de lives em meio à natureza e em lugares deslumbrantes, e o intuito de transmitir bem estar, divertimento e uma mensagem de esperança às pessoas em casa. OS locais escolhidos - cachoeiras, mirantes, florestas e praias – têm a função de comover e valorizar a presença no planeta.

Serviço:
Projeto Follow The Sun com DJ Bhaskar.  
Transmissão a partir das 23h59, no ‘chapadão’ da praia de Pipa.