Nos EUA, homem é condenado à morte pelo homicídio de 9 em ataque racista de 2015

Publicação: 2017-01-10 19:37:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um júri federal sentenciou Dylann Roof pelo homicídio de nove negros em uma igreja em Charleston, na Carolina do Sul, em um ataque com motivação racial ocorrido em 2015. Roof, que é branco poderia pegar prisão perpétua ou pena de morte pelo crime de 17 de junho de 2015.

O Departamento de Justiça afirmou que se trata da primeira pessoa a pegar pena de morte por crimes de ódio na esfera judicial federal nos Estados Unidos. O júri chegou à decisão após cerca de três horas de deliberações.

Roof havia sido condenado no mês passado em todos os 33 quesitos federais apresentados contra ele. Durante a sentença, ele atuou como seu próprio representante e disse aos jurados que não tinha nenhuma doença mental. Ele não disse ter se arrependido nem pediu que o júri poupasse sua vida. Roof havia afirmado a agentes do FBI que desejava a volta da segregação ou talvez começar uma guerra racial com as mortes. Fonte: Associated Press.

fonte: Estadão Conteudo


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários