Cookie Consent
Notas e Comentários
Notas & Comentários
Publicado: 00:00:00 - 04/03/2022 Atualizado: 01:30:59 - 04/03/2022
[ colunanotas@tribunadonorte.com.br ]

As Associações que representam os praças (soldados, cabos e sargentos) da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do RN iniciaram mobilizações com a convocação de assembleias por regiões no Estado. No próximo sábado, haverá, às 9h, uma assembleia em Mossoró e, às 15h, em Assu. “Na pauta, está a equiparação salarial dos PMs e Bombeiros com as demais forças de segurança do Estado”, informa a nota que convoca os policiais militares para as assembleias. 

Cobrança 
O deputado estadual Coronel Azevedo informou, em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, que os PMs e bombeiros vão definir novos rumos para a mobilização. “Houve quebra de compromisso do Governo estadual, sobretudo na questão remuneratória”, apontou. Ele disse que os praças da PM já estiveram reunidos em Pau dos Ferros e Patu. A assembleia em Natal está marcada para o dia 10 de março.

Impasse 
A Polícia Civil no Rio Grande do Norte está em negociação com o governo estadual há semanas sem conseguir um acordo. A categoria chegou a entrar em greve e voltou  às atividades diante de uma determinação judicial.

Paralisação 
Em Minas Gerais, há um conflito entre os representantes da Polícia Militar e o Governo estadual. O jornal O Estado de Minas informou ontem que associações que representam praças e oficiais da corporação se organizam para “uma nova paralisação na próxima quarta-feira (9/3) para cobrar o que havia sido proposto em 2019, que tratava da recomposição salarial das perdas inflacionárias em três parcelas - uma de 13% e duas de 12%”.

Espera
A deputada estadual Cristiane Dantas afirmou que usuários do SUS enfrentam uma longa espera por cirurgias na rede estadual de saúde. Ela citou o caso de uma paciente de Mossoró, que veio a Natal para realizar um procedimento no Hospital da Polícia Militar e está em Pajuçara, aguardando o atendimento que demora indefinidamente. A parlamentar cobrou atenção e urgência e avisou que apresentará requerimento pedindo à Secretaria Estadual de Saúde informações.

Lei
O deputado federal General Girão foi autuado em um blitz da Lei Seca na terça-feira, feriado de Carnaval. Ele divulgou uma nota. Negou que tenha se recusado a fazer o teste de bafômetro. “Foi realizado o teste do etilômetro, mais conhecido como teste do bafômetro, com um equipamento que não tinha a necessidade de assoprar. Por orientação do agente de trânsito, dei lugar à outra pessoa habilitada para conduzir o veículo”, disse.

OkEstrada 
O deputado Vivaldo Costa (PSD) informou que defendeu junto ao ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) a construção da chamada “Estrada do Algodão”, ligando São José do Seridó a Jardim do Seridó. Ele disse também que alertou o Governo do Estado para a necessidade da retomada das obras na adutora de São José do Seridó. 

Colegas 
Confirmado na liderança da bancada do PL, o deputado Kleber Rodrigues (PL) agradeceu a confiança dos colegas de partido por estar assumindo a função. O anúncio foi feito ontem. “Ao mesmo tempo em que comunico que passo a fazer a liderança do partido, externo que é algo que me deixa muito feliz, principalmente pela confiança dos meus pares, os deputados Ubaldo Fernandes e George Soares por mais uma experiência que estou assumindo nesta Casa”, afirmou.

Urnas
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu aumentar o número de urnas eletrônicas auditadas antes das eleições. A mudança foi aprovada em sessão administrativa de ontem e representa mais um esforço para ampliar a transparência do pleito em meio aos ataques ao sistema de votação. A resolução aprovada mantém o percentual anterior, de 3% das urnas, como o mínimo dos aparelhos a serem auditados e passa a estabelecer um limite de 6% do contingente preparado para cada zona eleitoral. A escolha da amostra é feita aleatoriamente por entidades que se cadastram para fiscalizar o processo eleitoral. Normalmente são representantes de partidos políticos, Ministério Público, Polícia Federal, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e até dos departamentos de Tecnologia da Informação das universidades.

Alterações 
O TSE informou que a preparação das urnas eletrônicas é feita em duas etapas: inserção do cartão de memória com as informações dos candidatos, cargos e eleitores que votam na seção e testagem dos dispostos. O TSE ainda aprovou um ajuste na etapa de totalização dos votos. A disponibilização dos Boletins de Urna, que eram compartilhados em até três dias após o encerramento da contagem, passarão a ficar disponíveis quase em tempo real na portal da Corte Eleitoral. O rol de mudanças também inclui o novo prazo de registro das federações partidárias. Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a aglutinação das siglas poderá ocorrer até 31 de maio.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte