Novas oportunidades

Publicação: 2019-07-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A internet virou um grande celeiro de talentos. Não à toa, Duio Botta chamou a atenção da equipe de “A Dona do Pedaço” ao participar de uma “websérie” no YouTube. Após o projeto na internet, o ator foi convidado para viver o mordomo Jardel na atual trama das nove. “Achei que fosse mentira. É uma chance de mostrar meu trabalho na maior vitrine do Brasil, que é uma novela das nove. Fiquei extremamente nervoso ao gravar a minha primeira cena. Estava cercado de grandes estrelas, atores fantásticos, em uma novela do Walcyr Carrasco, com direção da Amora Mautner. Tremia na base”, explica. Na trama, Jardel trabalha na casa de Maria da Paz, papel de Juliana Paes. Mais à frente do enredo, o mordomo descobrirá o caso entre Josiane e Régis, interpretados por Agatha Moreira e Reynaldo Gianecchini. Ele conseguirá fotos dos dois juntos, mas acabará sendo assassinado pela vilã. “A partir de agora, o Jardel vai entrar de vez na trama e chantagear a Josiane”, afirma Duio, que se inspirou em personagens conhecidos para compor o papel.

Duio Botta é integrante do elenco de A Dona do Pedaço
Duio Botta é integrante do elenco de 'A Dona do Pedaço'

“Me inspirei em amigos e peguei referências de personagens, como o Crô (Marcelo Serrado) e Félix (Mateus Solano)”, completa. Aos 32 anos, Duio também tem uma trajetória sólida como dublador. O ator é a voz por trás de diversos personagens de novelas mexicanas. “Me interessei por essa área ao trabalhar na administração de um estúdio de dublagem. Lá, tive a oportunidade de conhecer a profissão, fazer o curso de dublagem e começar a trabalhar. Dublar é muito difícil e eu amo demais”, valoriza. Nos últimos anos, o ator perdeu 80 quilos. No entanto, junto com a perda de peso, ele também desenvolveu transtornos alimentares. “Quando me vi na tevê, não me reconheci. Não acreditei que aquele cara obeso era eu. Nada servia, era difícil encontrar roupas e isso me machucou. Então, me descobri como um bulímico até me conscientizar com a alimentação”, lembra.

Horário nobre
Após comandar algumas edições do “SóTocaTop”, Lucy Alves está escalada para “Amor de Mãe”, próxima novela das nove. A produção já está em fase de pré-produção nos Estúdios Globo, localizados na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O folhetim escrito por Manuela Dias tem estreia prevista para novembro

Mão na consciência
O trabalho em “Assédio”, da Globo, teve um peso social gigante para Adriana Esteves. A atriz, que interpreta a forte Stela, acredita que a série foi ao ar em um momento oportuno da sociedade. Para Adriana, o projeto fortaleceu o debate sobre o assédio sofrido por inúmeras mulheres. “Acredito que as pessoas se sentiram bem sensibilizadas com toda a história. É um trabalho que serve como denúncia, alarme e propõe esperança. Ele aponta caminhos. E isso pra mim é um dos maiores méritos da série”, valoriza. O último episódio de “Assédio” vai ao ar nesta sexta, dia 12. A série segue disponível para os assinantes da plataforma Globoplay.

Aventura e emoção
O Canal OFF estreia, nesta sexta, dia 12, a série “Patagônia: O Próximo Passo”. Filmada em locações no território argentino, a produção acompanha o atleta Diogo Guerreiro e o fotógrafo Brian Baldrati durante dez dias, percorrendo roteiros fora do circuito tradicional e descobrindo novas paisagens e sabores. O projeto, que conta com quatro episódios, terá conteúdos complementares no aplicativo e redes sociais do canal.

Análise com humor
O Choque de Cultura voltará ao ar com uma nova temporada na Globo. Com o título de “Choque de Cultura Show”, o programa estreia no próximo dia 28, logo após o filme da “Temperatura Máxima”. Originalmente criado na internet, o grupo de humor é formado por Caíto Mainier, Leandro Ramos, Raul Chequer e Daniel Furlan.

Foi bem
Para as sequências em que Dalila, papel de Alice Wegmann em “Órfãos da Terra”, é desmascarada. Após um período de marasmo, a novela voltou a ter boas cenas e a trama ganhou alguma ação e adrenalina. Alice e Julia Dalavia, que vive Laila, se destacaram ao longo do capítulo.

Foi mal  
Para a reprise de “Uma Escolinha Muito Louca”, da Band. O humorístico é fraco e só mostra como a emissora tem dificuldades em preencher sua grade de programação.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários